Ir para o conteúdo
marketing digital

Marketing digital para lucrar com site e loja virtual

Tudo o que você precisa saber para ter sucesso com o Marketing Digital

O comércio online segue em alta. Um estudo realizado pela PayPal em parceria com a BigData Corp mostrou que, em agosto de 2020, o número total de lojas online no comércio eletrônico atingiu a marca de 1,3 milhões, ou seja, um crescimento de 40,7% se comparado a 2019. Atualmente, as lojas de pequeno e médio porte correspondem a, no mínimo, 48,06% das lojas online do Brasil.

Parece que esse é um caminho sem volta e, que estar na Internet, e bem posicionado, nunca foi tão essencial para os negócios. Segundo pesquisa da Criteo, 56% dos consumidores brasileiros afirmaram que compraram no e-commerce pela primeira vez durante a pandemia, e 94% pretendem continuar comprando nas lojas online que descobriram no período.

Mas será que basta ter um site e bons produtos para sair lucrando? Claro que não! Além de uma boa loja online, para suas vendas terem sucesso, é preciso caprichar no marketing digital. Pensando nisso, nós, da Hostnet, separamos algumas dicas e como você pode implementá-las no seu negócio online. Veja a seguir e aumente o seu lucro:

Produção de conteúdo é fundamental – publique conteúdos relevantes com assuntos relacionados aos interesses do seu nicho de mercado. Busque dados em fontes confiáveis, cheque a veracidade da informação, apresente novidades. Explique seus próprios produtos, no site ou no blog: como usar, opinião de quem já consome, artigos com análises comparativas. As imagens devem ser boas e o mais fiéis possíveis aos produtos que serão entregues ao cliente, tanto na galeria como no restante do site. Invista em SEO, busque palavras-chave capazes de identificar ideias e temas importantes para servirem de referência e inclua nos textos (facilita as buscas e aumenta o fluxo orgânico), adote ferramentas do Google e as redes sociais para dar visibilidade às publicações online. A Hostnet faz para você o website ou e-commerce com blog para publicações.

Foque nas conversões – um site/loja pode receber muitas visitas e efetivar poucas vendas. Isso é bom porque quanto mais tem visitante, mais chances existem de um cliente em potencial ver o seu website (ser indexado e ter bom rankeamento em motores de busca). Mas isso precisa ir além, converter seu visitante em comprador (tornar um lead em cliente) não é uma consequência natural. Para isso, é preciso trabalhar essa relação.Temos a solução adequada para alcançar a conversão, um poderoso software de automação de marketing; o Mautic.

Ele classifica o grau de interesse do internauta em determinado produto ou serviço, acompanha e identifica suas preferências e, a partir daí, a empresa direciona a força de vendas para onde há maior potencial de conversão. A ferramenta ainda permite uma comunicação multicanais, com envio de e-mails, SMS e notificação push.

Melhore a apresentação do produto, reduza os custos e aposte no visual (fotos, vídeos e gifs) do website/loja online – tudo isso pode e deve ser pensado antes do site entrar no ar ou no momento de uma reformulação visual; tecnológica e de conteúdo que pode incluir: logomarca, aba de contato, descrição dos produtos, boas fotografias, recursos visuais (como gifs e imagens 360º), avaliação de consumidores, preço atraente, call to action (ex.: botões para finalizar compras), logística impecável, segurança de dados e transações online, opções de pagamento etc.

Agilidade – a máxima “tempo é dinheiro” se aplica bem nessa situação. Um dos fatores que mais influenciam a conversão é a rapidez. O tempo de carregamento das páginas do site deve ser o mínimo. Existem plugins que podem ser muito úteis para esse objetivo, inclua-os em seu projeto. Para alcançar essa realidade também é válido comprimir e otimizar imagens e páginas a fim de torná-las mais leves e adequadas à web; diminuir a quantidade de elementos da página; reduzir o tempo de resposta do servidor; usar serviços como CDN (As Content Distribution Network). Aprofunde-se neste tópico clicando aqui.

Toque o coração do cliente – seja por meio de conteúdo relacionados aos produtos, descrições dos itens, preço, descontos ou forma de pagamento. É importante apostar na emoção. Isso pode ser feito com bons argumentos sobre os benefícios dos produtos em textos e definições. Para isso, coletar informações dos leads e ser capaz de reverter dores, anseios e atender desejos é fundamental. A automação de marketing com Mautic também pode te ajudar aqui.

Publicações de outras pessoas que já adquiriram produtos e serviços também são importantes. Pode haver um espaço específico para isso no website. Mas essas declarações e benefícios também podem ser apresentados de forma sutil: em artigos e cases em um blog que funcione no mesmo website ou enviadas por e-mails direcionados ao público-alvo.

Marketing e publicidade em mídias sociais – sempre observe as mídias sociais e pense em novas formas de atrair visitantes na hora de fazer suas postagens (impulsionadas ou não) e investir em anúncios. A relevância nas redes sociais favorece a visibilidade, interação com o público e acompanhamento da concorrência.

Mensuração e otimização de campanhas – faça um planejamento do seu marketing digital. Meça sempre os resultados das estratégias online. Assim você saberá se está no caminho certo, e pode aperfeiçoar as ações. E se você não sabe por onde começar, hoje existem vários cursos no mercado. Nós recomendamos o curso online gratuito ministrado pelo professor Guanabara, Marketing Digital para Empreendedores. Estude na Academia Hostnet, nossa plataforma EAD

Como criar uma boa reputação na Internet

Em época de intensa evolução tecnológica e de tendências de mercado, fazer parte do nicho virtual faz-se imprescindível. Da mesma forma, criar uma reputação positiva na Internet também deve estar aliada de forma igualitária ao desejo de ter bons resultados! Então, como conseguir isso?

A seguir, você descobrirá mais a respeito de:

  • Sua presença na internet;
  • Sua performance;
  • Sua constância.

Sua presença na Internet – não é novidade dizer que as pessoas não vivem sem Internet. Basta você pensar um pouco… entre se levantar, escovar os dentes, tomar um banho e comer ou pegar o celular para olhar as novidades que chegaram em seu e-mail, Instagram ou no WhatsApp, o que você costuma fazer? Muito provavelmente o uso do celular ganha destaque!

Empresas, empreendedores individuais, profissionais liberais e autônomos  já compreenderam que PRECISAM fazer parte do nicho virtual; seja para vender serviços, produtos físicos ou produtos digitais. Afinal, mais de 53% da população mundial está inserida no segmento mobile.

De acordo com a edição de 2019 da Pesquisa TIC Domicílios, mais de 134 milhões de pessoas usam a Internet somente no Brasil, isso representa 74% da população com 10 anos ou mais.

Sendo que:

99% usam celular;

41% computador;

66% notebook;

33% tablet;

37% televisão com Internet;

9% videogame.

Sua performance – a presença na Internet deve ser inserida, tanto com um site e/ou blog, como também por meio das redes sociais, pois dessa maneira a visibilidade do seu negócio fica com muito mais força e alcance global, afinal, no universo digital não existem barreiras!

Para ganhar uma boa reputação na Internet tenha um site e um blog. O site mostra a visão de sua identidade visual, marca, portfólio e cases de sucesso. O blog permite que você possa trabalhar suas ofertas de forma dinâmica com o inbound marketing, ou seja, educando o mercado com informações relevantes e assim conectando seus produtos ou serviços para que o interesse do cliente seja estimulado, até chegar no ponto de venda.

Sua constância – como diz o ditado: quanto mais vender melhor, certo? Só que para vender é preciso ter constância na sua performance digital. Por isso, alimente, nutra, insira fotos e descrições relevantes em sua loja virtual. Dessa forma, seu site estará capacitado a vender mais e melhor. A sua constância e atualizações também permitirão uma boa visualização e aumento da sua reputação na Internet. Se os clientes se sentem seguros e percebem que tudo está bem atualizado e dinâmico, além de bonito, sentem maior prazer em fazer negócios com você.

Por isso, recomendamos adotar uma plataforma para criar sites que seja intuitiva e bem elaborada, de maneira que você possa aprender como desenvolver um negócio online  sólido sem complicações e dificuldades. Dentre tantas plataformas, escolhemos e indicamos o WordPress.

O marketing digital e as ferramentas livres

O que nós conhecemos como marketing digital é na verdade um conjunto de ações de comunicação que as empresas podem lançar mão a partir de mídias para divulgar e comercializar seus produtos, conquistar novos clientes e melhorar a sua rede de relacionamentos. As ações tradicionais de marketing ocorrem aqui também, mas adaptadas ao meio digital. Entre elas, podemos citar:

  • Marketing viral;
  • Otimização e marketing para sites de busca (SEO e SEM);
  • Configuradores e verificadores online de produtos;
  • Gerenciadores de relacionamentos com visitantes e gestão eletrônica de relacionamento com clientes;
  • Pesquisas, cupons e leilões online;
  • Gerência eletrônica de pontos de venda;
  • Podcasting, comércio eletrônico, anúncios contextualizados, e-mail marketing, blogs corporativos…

Enfim, existem várias ações que podem ser feitas, e estão disponíveis diversas ferramentas livres no mercado para gerenciar todas essas práticas.

Um destaque: o Mautic

O Mautic, amplamente utilizado e recomendado pela Hostnet, é uma ferramenta de código aberto (open source) cujo foco é automatizar as ações de marketing. A ideia é que ele seja uma plataforma para economizar tempo, eliminar erros e melhorar a eficiência para uma ampla gama de ações de marketing através de múltiplos canais. A ferramenta baseia-se no princípio da equidade: a comunidade em torno do Mautic acredita em dar a qualquer pessoa o poder de entender, gerenciar e fazer seu negócio prosperar.

Mautic X ferramentas proprietárias de marketing digital

As principais vantagens do Mautic são basicamente as mesmas de qualquer software de código aberto: personalização, custo, segurança e suporte. Por ser uma ferramenta aberta, ele tem custo extremamente baixo e dispensa o pagamento de licenças. Mas, caso haja necessidade de suporte, fale com a Hostnet, temos o serviço de Automação de Marketing Gerenciada. Como o código é aberto, quem dará esse suporte pode ser desde uma empresa vinculada aos desenvolvedores até outra que ofereça o mesmo serviço por um custo menor. O usuário está livre para escolher.

Motivos para a sua empresa investir em marketing digital

O marketing digital reduz várias barreiras em prol das pequenas empresas permitindo, inclusive, a competição com grandes organizações. A ferramenta não elimina totalmente o investimento em publicidade em revistas físicas; folhetos; outdoors etc., mas sim, trabalha ao lado de formas tradicionais da comunicação e do marketing convencional.

Com a adesão e interesse constante nos resultados do marketing digital, o conhecimento sobre ele se tornou essencial, não só para os profissionais de comunicação, mas também para especialistas de diversas áreas, youtubers e influenciadores digitais, inclusive para os profissionais que estão em busca de mudanças na carreira.

A publicidade em redes sociais também tem seu espaço garantido. E por que não juntar todas essas estratégias em um só lugar? Ainda pode-se agregar: e-mail marketing, mensuração das campanhas, análises de dados, automatização e direcionar esforços para otimizar todos os resultados.

O que vem pela frente

De acordo com as expectativas da Ebit/Nielsen, o e-commerce deve crescer 26% em 2021, no Brasil, atingindo um faturamento de R$ 110 bilhões. Após atravessarmos um 2020 atípico e turbulento, a tendência é que haja uma consolidação das lojas e marketplaces. Para fazer a roda girar, será necessária uma intensificação e modernização nos processos de marketing digital, com foco nos seguintes pontos:

  • Experiências em tempo real;
  • Utilização de user generated content (UGC) – conteúdo gerado pelo consumidor;
  • Potencialização de conteúdos interativos;
  • Aumento no uso de assistentes por voz;
  • Caminhada em direção ao slow content – na tradução “conteúdo devagar”;
  • Buscas sem cliques no Google;
  • Marcas mais humanas, conscientes e comprometidas;
  • Valorização de dados e performance de conteúdo.

Experiência em tempo real – a exemplo das famosas “lives”, feitas por ilustres ou desconhecidos, o que se espera mesmo da Internet em tempos de isolamento é a experiência em tempo real. O “ao vivo” apresenta uma forte capacidade cativante, seja no lazer ou até mesmo em um atendimento pelo WhatsApp. As pessoas não querem ver só o que aconteceu ontem, muito menos esperar para que tal marca/loja responda daqui a 24 horas. O objetivo desse tipo de experiência é gerar e prover interatividade. Lembre disso!

User General Content (UGC) – basicamente, consiste em ter uma sessão onde os clientes são incentivados a inserir conteúdo, experiências e opiniões. O objetivo é fazer com que a marca ganhe muito mais afinidade com os consumidores.E isso serve para qualquer tipo de mídia, incluindo: comentários, posts, fotos, vídeos – que o usuário produza espontaneamente. Sabe os comentários que os consumidores fazem após o recebimento de um produto adquirido pela web ter chegado em casa? Eles são um bom exemplo de UGC.

Conteúdos interativos – isso não é novidade, mas está em alta. Com o distanciamento social, é natural que esse tipo de conteúdo continue fazendo sucesso até uma imunização mundial efetiva, a fim de afastar a frieza do mundo virtual e criar um envolvimento mais humano. Alguns meios de utilizar esse tipo de conteúdo são: enquetes, calculadoras, ebooks, infográficos, questionários, vídeos interativos entre outras opções.

Assistente por voz – durante a pandemia o uso de assistente por voz cresceu 47% no Brasil, principalmente com a Alexa, da Amazon. Os assistentes são capazes de realizar inúmeras funções para agilizar o dia a dia das pessoas, entre elas:  tocar músicas, fazer listas de tarefas, buscar informações, configurar alarmes, controlar outros aparelhos conectados e até fazer compras. Essa tecnologia veio bem a calhar para o marketing digital, apresentando um campo novo que pode ser bem explorado. Ainda nesse quesito, podemos incluir as buscas por voz feitas por smartphone e outros aparelhos durante pesquisas no Google.

Slow content – resumindo, é uma forma mais trabalhada de produzir, planejar e postar conteúdos. A quantidade de informação que é jogada e absorvida pela web, hoje, é capaz de esgotar não só o usuário como o produtor de diversos tipos de conteúdos. Uma pesquisa realizada pela empresa Squid apontou que o Instagram deixa 78% dos influenciadores ansiosos. É verdade que esse tipo de “conteúdo lento” tem foco na qualidade e por ir na contramão dos algoritmos pode não gerar tanto engajamento em números de seguidores. Contudo, o slow content é capaz de impactar realmente a vida das pessoas e isso reúne uma audiência mais engajada, gerando métricas orgânicas a partir de histórias marcantes e que não serão deixadas de lado em poucos segundos (o que geralmente acontece com conteúdos superficiais).

Busca sem cliques – o Google trabalha, constantemente, com o objetivo de entregar resultados mais específicos durante as pesquisas dos usuários. A ideia do buscador é eliminar a necessidade do clique. Aí você pode pensar que essa tendência afetará negativamente o tráfego orgânico do seu site, e de fato isso pode acontecer, mas isso não é motivo para desespero. O importante é analisar o que realmente importa para o seu negócio – a conversão, e fazer disso a meta dos esforços de SEO. 

Marcas mais humanas, conscientes e comprometidas – no marketing, nem tudo são ações. O que é fixo, perene, também importa! E isso vale para a missão, visão e valores de sua empresa. Hoje, mais do que nunca, grande parcela de consumidores está atenta ao modo de agir e pensar da sua empresa, assim como ao que ela preza e pretende. 

4 passos para ter sucesso com o marketing digital

Seja qual for o ramo de atuação da empresa e também o seu porte, se contar com um trabalho de marketing digital de qualidade, ela é capaz de atingir os mais altos níveis de sucesso no seu mercado. E para extrair toda a potencialidade de crescimento e atingir o sucesso através do marketing digital, siga os quatro passos essenciais.

  1. Trace um planejamento

Planeje as formas, ferramentas e estratégias para tirar o máximo proveito da comunicação pela Internet, dessa maneira você conseguirá inserir sua marca no mundo digital da maneira correta. Com um plano bem elaborado é possível entender todas as etapas do seu caminho, manter o foco e ter retorno da presença de sua empresa na web.

  1. Procure profissionais capacitados

Para sua empresa atingir o máximo de lucratividade e atuar na Internet de maneira satisfatória, é imprescindível que você se cerque de profissionais da mais alta qualificação.

Eles serão seu principal apoio no mundo online e terão a grande responsabilidade de atender às suas necessidades, adotando ferramentas, estratégias e táticas rumo ao sucesso.

Localize um especialistas da Hostnet próximo a você

  1. Tenha um site

Ter um site é um item fundamental para qualquer empresa. O site funciona como a sede virtual de seu empreendimento e através disso é que serão apresentadas todas as informações relevantes sobre a sua marca, serviços e produtos. Além de ser um canal de comunicação direto com o público que a sua marca deseja atingir, um site torna todo visitante em um potencial cliente para sua empresa. É dele que costuma vir sua maior credibilidade no mundo online.

Conheça o serviço de criação de sites da Hostnet

  1. Mantenha-se informado e atualizado

Mais do que nunca essa é a era da tecnologia e informação. Então, se você deseja ter sucesso, esteja atento às mudanças rápidas que o mundo online impõe. Esse pode ser o diferencial que vai fazer com que você esteja sempre à frente de seus concorrentes.

Observações finais

O ideal é contar com suporte e acompanhamento de profissionais do marketing digital que irão manter você sempre em dia com o ambiente virtual. O marketing digital é a chave para transformar os seus negócios e ajudá-lo a conquistar mais clientes através da internet.

Invista você também em marketing digital! Não sabe por onde começar? Nós, da Hostnet, podemos te ajudar com hospedagem, criação de site; loja virtual; aplicativos; site EAD; site de imobiliária; automação de marketing e muito mais.

Profissionais especializados aguardam o seu contato para desenvolver um website ou loja virtual do jeitinho que você imaginou, com tudo em WordPress, fácil de mexer e fica pronto bem rápido!

A Hostnet tem unidades espalhadas por todo o Brasil. Conheça a nossa rede de franqueados, com certeza existe uma Hostnet perto de você, esperando para atender todas as suas demandas, com muita qualidade e suporte 24 horas!

Fale conosco: https://www.hostnet.com.br/unidades-regionais/

Deixe um Comentário





HOSPEDAGEM DE SITES

ESPECIALIZADA EM WORDPRESS

Mais Lidas

guanabara

Cursos gratuitos de tecnologia e marketing digital oferecidos pela Hostnet e Curso em Vídeo

wordpress-cursos-gratis-hospedagem-sites-hostnet

Comunidade WordPress Hostnet reúne 20 mil profissionais e estudantes de tecnologia

hospedagem wordpress

Combo Cloud: você paga pela hospedagem de site e recebe muito mais

hostcast-2

Assine nossos FEEDS

HOSPEDAGEM DE SITES PARA

PEQUENOS E GRANDES NEGÓCIOS

Aprenda a usar o potencial da Internet para lucrar

ebooks grátis

E-BOOKS SOBRE TECNOLOGIAS PARA SITES