Skip to content

Os 31 melhores plugins para WordPress em 2018 + E-book de Presente

Existe uma quantidade imensa de plug-ins, cujas funcionalidades variam de otimização para sites de busca (SEO) a comércio eletrônico, de galerias de fotos a melhorias na parte de segurança. A maioria está a um clique de distância, no painel do WordPress, mas há também os plug-ins pagos, com mais recursos, que podem ser instalados a partir dos sites de terceiros. Abaixo estão alguns plug-ins que tem qualidade reconhecida e são amplamente usados:

Otimização em sites de busca

Todos temos interesse que o nosso site seja mais visto, acessado e visitado. A melhor maneira de fazê-lo é realizar um trabalho consistente de SEO (Search Engine Optimization), que é basicamente garantir que seu site esteja melhor colocado nas listas fornecidas pelos sites de busca. Dominar estas técnicas de otimização podem consumir muito tempo. O WordPress tem alguns plug-ins que são muito eficientes na tarefa de otimização para sites de busca, e entre eles destacamos o Yoast SEO e o All In One SEO Pack.

  • O Yoast tem duas versões, a versão gratuita e a versão Premium (paga), com mais recursos, além de suporte por um ano e atualizações quinzenais.
  • Já o All In One SEO Pack também tem versão gratuita e versão Pro (paga), contendo mais recursos para redes sociais e suporte para plug-ins como o Woocommerce, usado para comércio eletrônico.

Migração entre servidores

Uma migração de um site entre servidores pode ser algo bem complicado, principalmente com bancos de dados, imagens, plug-ins e temas que devem ser passados de um lugar para o outro. O WordPress tem um plug-in (entre muitos) altamente recomendado para fazer esse processo de migração, que é o Duplicator.

  • O Duplicator é muito útil para realizar o backup, clonagem, duplicação ou migração de um site inteiro de um lugar para outro.

Aumento do desempenho

Vivemos numa sociedade que tem pressa. E a maioria dos usuários é impaciente, não quer ter que esperar para visualizar um conteúdo. Logo, temos que pensar no desempenho do nosso site, de forma que ele seja renderizado mais rapidamente pelo navegador do cliente. Logo, precisamos encontrar os gargalos de desempenho e assim melhorar a performance. Existem vários sites que podem analisar o desempenho do seu site e apontar onde as melhorias podem ser feitas. Entre eles, destacamos o Google PageSpeed Insights e o WebPageTest.

O WordPress tem alguns plug-ins que ajudam nesse processo de otimização do site, para que ele seja renderizado mais rapidamente. Podemos destacar alguns:

  • Optimus Image Optmimizer – Este plug-in otimiza as imagens do seu site, de forma que elas ocupem menos espaço e possam ser baixadas mais rapidamente.
  • Autoptimize – Otimiza os códigos HTML, JavaScript e CSS do seu site, fazendo com que o navegador do cliente renderize a página mais rapidamente.
  • WordPress Cache Enabler – Este plug-in cria arquivos HTML com base no conteúdo mais acessado, e o armazena no servidor. O servidor web entregará páginas estáticas, em HTML, e assim evitará o processamento do servidor para a geração dessas páginas. Como as páginas já foram geradas, o processo será mais rápido, e isto aumentará a performance do seu site.
  • Query Strings Remover – Alguns elementos iniciados pelo caracter “?” não são retidos em servidores proxy, o que é uma oportunidade perdida para aumentar o desempenho. Este plug-in remove strings de consulta dos recursos estáticos do seu site, o que te permite aumentar o desempenho.
  • WP-Optimize – O WP-Optimize remove lixo, spam, revisões de posts e outros arquivos do WordPress que estão vinculados ao banco de dados e não são mais úteis. Este é um plug-in que você poderá agendar o processo de limpeza, de tempos em tempos.
  • WP-Rocket – Este é avaliado como o melhor plug-in para aumento de desempenho no WordPress, e é pago. Em testes comparativos realizados com outros plug-ins, o WP-Rocket obteve o melhor dos tempos de carregamento. Ele também já realiza o processo de limpeza que o WP-Optimize faz, logo ambos são mutuamente excludentes. E vale lembrar que no caso do WP-Rocket, aconselha-se não usá-lo em sites de comércio eletrônico, como sites gerenciados com o WordPress e o Woocommerce.
  • WP-Fastest Cache – Entre os plug-ins gratuitos, este é talvez o mais bem avaliado de todos. O WP Fastest Cache é conhecido por ser fácil de configurar, mas algumas das funcionalidades do WP-Rocket quanto ao carregamento de imagens e vídeos não estão disponíveis. Se essas opções forem fundamentais, recomenda-se usar os plug-ins WP-Optimize e Lazy Load For Videos.
  • Google PageSpeed Insights – Este é um plug-in que faz uso da ferramenta de mesmo nome para analisar o desempenho do seu site. Ele apresenta recomendações, baseadas no que na indústria hoje é visto como as melhores práticas para performance web, em desktop e em dispositivos móveis.

Anti-spam

SPAM é o termo usado para fazer referência a e-mails e comentários não solicitados e enviados para um grande número de pessoas. Apesar de o spam ser algo muito comum com os e-mails, é possível ter o mesmo incômodo com os comentários do seu site. Então, veremos como podemos evitar que sua área de comentários seja inundada por spam. Vale lembrar que mensagens spam em blogs é ainda pior: O Google indexa as páginas de seu site e com elas, os comentários. Logo, comentários com conteúdo duvidoso e malicioso podem tornar o blog irrelevante para o Google, o que é péssimo para a indexação de qualquer site.

  • Entre os plug-ins para lidar com spam, o mais conhecido e conceituado é o Akismet. Sua função é vasculhar todos os comentários do seu site e as submissões feitas por formulário para o seu site, e evitar que seu site publique e reproduza conteúdo malicioso. Este é um processo que este plug-in realiza automaticamente.

Certificado digital

Campanhas como a Let’s Encrypt tem enfatizado a necessidade de uso de conexões seguras como uma maneira de aumentar a segurança dos dados que vagam pela Internet. Mas o processo de migração de um site, do protocolo HTTP para a sua variante segura (HTTPS) pode ser uma tarefa penosa se feita manualmente.

  • Felizmente existe um plug-in para acelerar esse processo, que se chama Really Simple SSL. Este plug-in detecta automaticamente as configurações e realiza a troca. Inicialmente você precisa de um certificado SSL para associa, e o resto é clicar em um botão para que a migração ocorra.

Comércio eletrônico

O comércio eletrônico, ou e-commerce, é um tipo de transação comercial feita através de um computador. Compra e venda via Internet é o tipo mais popular de comércio eletrônico, e muitos ramos da economia estão ligados ao e-commerce, que está em franco crescimento.Existem soluções muito completas (e complexas) para estabelecer lojas virtuais, como o Magento e o PrestaShop. Mas o WordPress apresenta uma solução bem completa para comércio eletrônico, que é o Woocommerce.

  • O Woocommerce traz centenas de extensões gratuitas e pagas, muita flexibilidade e controle total para quem mantém um comércio online. E ele tornou-se uma solução tão popular, que estima-se que 30% das lojas online da Web estejam baseados em WordPress + Woocommerce, mais do que as outras soluções disponíveis.

Galeria de fotos

Colocar fotos e vídeos online é algo amplamente feito, por uma infinidade de motivos. E o WordPress tem um sem-número de plug-ins para gerenciar galerias e álbuns de fotos, com inúmeros recursos.

  • Entre eles, podemos destacar o Photo Gallery, como um dos plug-ins mais completos para confeccionar galerias de fotos. A versão gratuita é bem completa, mas a versão paga (Pro) adiciona recursos como temas customizáveis, montagem de bancos de imagens para venda em formato digital, entre outros.
  • Outro plug-in bem completo para galerias de fotos é o NextGEN Gallery. Ele é talvez o mais popular de todos os plug-ins do WordPress para este fim, e tem recursos bem completos para gerenciamento de galerias, edição em lote de fotos, dois estilos de álbuns, entre outros. A versão paga tem mais estilos de álbuns e de galerias, com extensões para incrementar o seu uso.

Redes sociais

Uma rede social é uma estrutura, composta por pessoas ou organizações (empresas, ONGs, etc), interligadas por um ou vários tipos de relações, partilhando valores e objetivos comuns. Hoje em dia, as redes sociais têm adquirido importância cada vez maior na Internet e na sociedade moderna. O Facebook é a maior rede social na atualidade, reunindo mais de 2 bilhões de usuários cadastrados. Logo, a participação em redes sociais é algo fundamental para qualquer site.

  • Existem vários plug-ins para analisar a performance do site gerenciado pelo WordPress em redes sociais. Mas é certo que o mais completo é o Social Metrics. 

Algumas das características são: 

Monitoramento de como o conteúdo do site é compartilhado em redes como Twitter, Facebook, Google Plus e outros.
É possível ver exatamente quantas vezes suas postagens e páginas são compartilhadas nas redes sociais, e ali saber quais postagens são as mais populares.
Também é possível compartilhar postagens e/ou páginas nas redes sociais, a partir do plug-in.
Na versão paga, o Social Metrics adiciona recursos para o refino da ação nas redes sociais, de forma a atingir maior relevância.

Segurança

O WordPress é o CMS mais usado do mundo. Por conta disso, ele é fatalmente o mais visado por atacantes que desejam explorar falhas de segurança e realizar atos danosos. Alguns desses atos são o roubo de dados valiosos dos administradores, o uso do seu site como um vetor de vírus, ou o simples vandalismo, desfigurando o mesmo.

Logo, é sempre bom realizar alguns procedimentos para aumentar a segurança do seu site. Existem plug-ins que são úteis para aumentar a segurança da sua instalação do WordPress:

  • Admin Log – Gera uma lista de acessos ao site, listando quem logou, quando logou e a partir de qual IP, e o que foi feito nesse período.
  • Google Authenticator – Permite usar autenticação em duas etapas com seu site gerenciado pelo WordPress. Logo, você entrará com uma senha, e o plug-in se comunicará com o aplicativo Google Authenticator, instalado no seu celular (Android/iOS/Blackberry), para que você realize a segunda parte da autenticação.
  • Limit Login Attempts – Permite que você limite o número de logins por usuário.
  • Login Lockdown – Limita o número de tentativas de login. Isto é interessante quando há gente tentando obter acesso ao seu WordPress.
  • NinjaFirewall – Este plug-in funciona como um firewall de aplicações web, mas é instalado e configurado como se fosse um plug-in. Ele contém diversas características avançadas e poderosas que não estão disponíveis no WordPress em si. Ele pode interceptar e tomar decisões com qualquer requisição HTTP ou HTTPS feita a um script PHP antes de chegar ao WordPress ou a um dos seus plug-ins. Todos os scripts dentro dos diretórios de instalação do WordPress estarão cobertos por esse plug-in.
  • Secure WordPress – Remove mensagens de erro nas páginas de login, adiciona arquivos index.html aos seus diretórios para prevenir acesso às listagens, remove a versão do WordPress e oferece segurança extra.
  • SI CAPTCHA for WordPress – Insere um captcha nas páginas de comentários para impedir comentários inseridos por bots.
  • WP Antivirus – Procura por programas maliciosos e possíveis ataques ao seu site.
  • WordPress Firewall – Implementa um firewall no seu WordPress.
  • WP Security Scan – Vasculha o site em busca de problemas que possam comprometer o acesso e os seus dados e faz uma lista de sugestões para melhorar a segurança.
  • WP Sentry – Pode restringir o acesso às postagens, permitindo criar discussões e artigos que são publicados sem que os mecanismos de busca consigam indexá-los.

Diversos

Como dissemos, a quantidade de plug-ins do WordPress é impressionante, o que nos traz possibilidades quase infinitas de personalização e customização. Listamos aqui abaixo alguns plug-ins que não se encaixam em nenhuma das categorias acima. Vamos a eles:

  • Page Builder – Este plug-in era originalmente conhecido como Visual Composer, e tem versão gratuita e versão paga. Sua função principal é facilitar a montagem de um site gerenciado com o WordPress. Logo, você pode simplesmente usar elementos como widgets, caixas de texto, imagens, etc. E assim, você poderá arrastá-los e soltá-los onde quiser na página. Será possível organizar a página da forma que melhor lhe parecer. Assim, o processo de montagem da página torna-se bem mais fácil, por dispensar a redação de código.
  • Visual CSS Style Editor – Este é um plug-in para a edição dos arquivos CSS (Cascading Style Sheets), usados para a definição visual de temas e páginas. Com este editor, é possível fazer alterações no CSS mesmo sem conhecer a descrição. Basta clicar no elemento e realizar a customização visual: cores, fontes, tamanhos, posições e muito mais. Ele tem algumas características como redimensionamento visual, ferramenta de medição de arrastar e soltar, padrões para fundo de imagem, as fontes do Google e ainda mais. Tem versão gratuita e versão paga, que é mais completa e tem o suporte do produtor.
  • Plug-in para formulários – Existem vários plug-ins para lidar com formulários no WordPress, tanto pagos quanto gratuitos. Os formulários são um meio de contato muito importante, do seu público para com o site. Alguns plug-ins trazem suporte ao sistema de reCAPTCHA do Google, para minimizar a ocorrência de spams: É preciso um ser humano para responder às perguntas. Entre eles, podemos indicar o Gravity Forms (pago), o Contact Form Clean and Simple (gratuito), além do Contact Form 7, que é gratuito mas se sustenta com doações. Considere apoiar esse e outros projetos gratuitos de software livre.

Este artigo faz parte do e-book WordPress, o campeão! Clique na capa abaixo para baixar o arquivo e ter acesso ao material na íntegra. 

Links Relacionados: 

https://www.hostnet.com.br/ebook/wordpress-o-campeao/

https://www.hostnet.com.br/site-pronto/wordpress/

https://www.hostnet.com.br/hospedagem-de-sites/

https://www.hostnet.com.br/site-pronto/

https://www.hostnet.com.br/loja-pronta/

https://www.hostnet.com.br/hospedagem-de-sites/economica-fit/

https://www.hostnet.com.br/blog/10-motivos-para-voce-ter-um-site/

https://www.hostnet.com.br/blog/baixe-o-e-book-qual-plataforma-escolher-para-o-meu-site/

https://www.hostnet.com.br/blog/10-dicas-para-ter-um-site-de-sucesso/

Deixe um Comentário





Mais Notícias

manutencao-site-hostnet

Acerte na escolha da plataforma da sua loja virtual

curso de wordpress

Curso de WordPress: instalando manualmente o WordPress

autoamcao-marketing-mautic-hostnet

[Webinar] Demonstração de Automação de Marketing com Mautic

curso-wordpress-05

Curso de WordPress: Instalação Local no Computador

hostcast-2

Assine nossos FEEDS