Ir para o conteúdo

Entenda como o SEO melhora o posicionamento do seu site ou loja nos buscadores

SEO básico

Hoje, compartilhamos mais um episódio, em nosso blog, da série com três artigos que vão ajudar você a entender a base do SEO. O que é, como se faz, para que serve.

Acompanhe nossos posts e aprenda técnicas e ações que vão melhorar o posicionamento do seu site, blog ou loja virtual no ranqueamento dos motores de busca.

Post 2: Como o SEO pode melhorar o seu posicionamento nos mecanismos de busca

O Google funciona basicamente lendo textos. Fotos, infográficos, vídeos e outros recursos visuais não são avaliados por ele na hora de classificar conteúdos. Contudo, o conteúdo visual também colabora para o ranqueamento; com o uso de imagens otimizadas para o buscador de texto e a inserção de palavras-chave no nome do arquivo (tag src), no texto alternativo (tag alt) e no seu entorno.

A otimização de imagens para SEO requer que você saiba comprimi-las, sem perder qualidade. Isso influencia diretamente no tempo de carregamento das páginas – quanto mais leves forem as imagens, mais rápido o site vai carregar.

Na verdade, os critérios de classificação são baseados em métricas como tempo de navegação, tempo de permanência na página, taxa de rejeição e número de compartilhamentos.

Ignorando a sensibilidade subjetiva humana, os buscadores se concentram nos elementos textuais do site ou blog. Mas indiretamente, ele avalia bem o número alto de compartilhamento e esses recursos visuais são primordiais para que o leitor compartilhe mais e mais.

Curso SEO para WordPress, grátis para assinantes do Combo Cloud Hostnet

O rastreamento de sites e blogs é feito por robôs, os chamados crawlers. Com o conteúdo encontrado é montada uma grandiosa base de dados física que fica armazenada em vários lugares do mundo. Afinal, só pra termos uma ideia da dimensão do trabalho realizado por esses robôs, de acordo com a Internet Lives Stats, existem mais de 1.803.968.045 (quase dois bilhões) de sites online (no momento em que esse texto foi escrito).

O mecanismo de busca funciona a partir do que você digitou. Ele pega aquelas palavras e procura em todo o conteúdo indexado.Vai encontrar exatamente o que você “pediu” ou o que for mais “próximo” ou “parecido” com aquilo. E como existem várias coisas iguais ou semelhantes, vai te apresentar muitas respostas, possivelmente.

Usamos como referência o Google por ser o buscador mais utilizado em todo o mundo, mas existem outros.Todos os buscadores, como o Bing e Yahoo, fazem buscas dessa forma, mas o critério de relevância/classificação é diferenciado entre eles. Por isso, se você fizer a mesma busca em diferentes mecanismos, provavelmente terá um ranking diferente.

Podcast sobre Fatores de Ranqueamento no Google

Como aparecer no Google?

No Brasil, o buscador mais utilizado também é o Google, que reúne mais de 90% dos acessos; logo é importante saber trabalhar o seu conteúdo para ter maior destaque nele. Este buscador considera, entre outros fatores, o tempo de existência do seu site/blog e dá muita importância aos links (internos e externos).

Os links internos ajudam o Google a entender a hierarquia do seu site e quais páginas são mais importantes. Por isso, o número de links internos para determinada página ajuda a melhorar seu ranqueamento.

O Google chega a utilizar 200 ou mais fatores de ranqueamento. Conheça alguns que são relevantes na construção do texto:

Palavra-chave – use no conteúdo, mas sem exageros, mantenha a leitura fluida e agradável. Não deixe de colocar palavras-chave em títulos e subtítulos. Se a palavra-chave for utilizada entre as 100 primeiras palavras no início do texto do conteúdo principal, o Google entende que ela é mais importante ainda para a página.

Extensão do conteúdo – textos maiores ganham pontos na hora do ranqueamento, pois costumam ser mais aprofundados e oferecer mais valor ao leitor, mas cuidado: as pessoas têm preguiça de ler. O ideal então é ser de tamanho moderado e com muita qualidade.

Carregamento da página – a página que carrega mais rápido recebe melhor posicionamento;
Número de atualizações feitas no blog ou site – poste com frequência;
Inclua sempre links internos e aumente suas possibilidades no ranking com links externos para sites renomados.

Mas de nada adianta produzir um conteúdo para mecanismos de buscas e não para pessoas. Para elas, o que importa são artigos incríveis! E quando você produz artigos que as pessoas amam, o Google identifica. Para chegar a esse resultado comece respondendo, em seus artigos, algumas perguntas que geralmente fazemos na Internet. Aborde temas que incluam programações, lugares para ir, notícias, dados. Coisas que geralmente atraem leitores como: “o que fazer?”; “como fazer?; “o que comer?; “aonde ir?”; “onde ficar?”, “curiosidades”…entre muitas outras. Não se preocupe muito com os termos e sim com os assuntos.

Foco no tráfego orgânico

O tráfego orgânico é gratuito, espontâneo e é o melhor tipo de tráfego que você pode ter. O investimento que requer é o tempo dedicado ao marketing de conteúdo. O tráfego vindo de mecanismos de busca funciona como uma bola de neve, sua tendência é sempre aumentar. Produza conteúdos memoráveis para ranquear bem em diversas palavras-chave importantes para seu blog, e-commerce ou site.

  • Publique com frequência novos textos no blog (um por semana ou mais);
  • Atualize-se sobre mudanças de algoritmos dos buscadores;
  • Aumente os pontos de autoridade do seu blog.

Mas o que é autoridade em um blog?

Existem dois tipos de autoridades: autoridade do domínio e autoridade da página.

A Autoridade de domínio (DA) é um índice criado para identificar a relevância de um domínio na Internet. Quanto maior o DA, maiores serão as chances de ranquear nas buscas orgânicas. A Wikipédia possui DA de 100 pontos. Normalmente, um site/blog pequeno tem o DA posicionado entre 15 e 20. Com essas referências, você pode traçar suas metas.

Para a Autoridade da Página (PA), a escala é a mesma. O que muda é o foco da análise. Dessa vez o objetivo é uma página específica. Logo, se você tem uma boa autoridade de domínio, terá mais chances de ter uma PA elevada.

Lembre que quanto mais artigos na primeira posição, mais o Google confia na qualidade dos conteúdos produzidos e mais os números crescem. Uma verdadeira bola de neve do bem! Não deixe a qualidade do seu conteúdo cair e certamente o seu posicionamento no ranking dos buscadores aumentará em pouco tempo!

Parte 1: O que é SEO e como fazer para meu site aparecer no Google?
Parte 2: Como o SEO pode melhorar o posicionamento do seu site nos mecanismos de busca
Parte 3: SEO: o que NÃO fazer e as ferramentas que podem ajudar na indexação do seu site ou loja virtual

criar um site

Se você chegou até aqui, é porque está buscando formas de melhorar os seus resultados na Internet. Nós somos especialistas em negócios digitais e temos diversas soluções para sites, lojas e marketing digital.

Fale com um dos nossos especialistas: https://www.hostnet.com.br/

Deixe um Comentário





Mais Lidas

comunidade-wordpress-hostnet

Participe dos grupos WordPress e Mautic da Hostnet e aprenda com a nossa comunidade

melhor hospedagem wordpress hostnet

Combo Cloud: você paga pela hospedagem e recebe muito mais

hospedagem-wordpress-elementor-ultimate-addons-hostnet

Combo Cloud oferece WordPress com Elementor Pro e Ultimate Addons for Elementor inclusos

guanabara

Estude com a Hostnet e invista no seu desenvolvimento profissional

hostcast-2

Assine nossos FEEDS