Como escolher a plataforma certa para criar uma loja virtual

Acerte na escolha da plataforma da sua loja virtual

Então, foi decidido que uma nova loja deveria ser estabelecida. Será visto neste artigo tudo o que é necessário para começar a empreitada e ter sucesso escolhendo a plataforma certa.

Plataforma

Inicialmente, será necessário decidir qual será a plataforma adotada. E esta é uma das primeiras e mais importantes decisões a serem tomadas. Por quê?

A plataforma é a base da loja virtual: tudo será feito a partir dessa escolha. Logo, a escolha da plataforma é fundamental. Sugerimos que seja uma plataforma flexível e com qualidade. O objetivo é minimizar problemas.

Uma plataforma é dividida em duas partes:

  1. O Front-End é a parte que o cliente tem acesso. É onde ele navega, compara preços e realiza a compra.
  2. O Back-End é a parte que o cliente não vê, mas é aonde a loja é gerenciada.

Como escolher a plataforma mais adequada?

As lojas virtuais costumam trocar de plataforma de tempos em tempos, o que é sempre um problema: migração, testes, falhas de segurança… É importante ter em mente que deve ser escolhida uma plataforma que supra as necessidades não só agora, mas também no futuro. E é por isso que foi falado anteriormente em flexibilidade e qualidade: quanto menos sofrer alterações, melhor.

Existem diversos softwares que consistem em plataformas para gerência da loja virtual, e todas elas possuem os principais recursos que um site de comércio eletrônico precisa ter: lista de produtos, gerenciamento de pedidos, módulos que trabalham com diferentes formas de pagamento, entre outros recursos.

No processo de escolha da plataforma, existem algumas questões que devem ser levadas em conta:

  • Quanto pode ser investido nessa plataforma?
  • Qual é o histórico dessa plataforma?
  • Existem empresas que a usam também? O histórico de uso é bom?
  • É possível integrá-la com uma ferramenta de análise de tráfego de dados, como o Google Analytics, por exemplo?
  • Quais formas de pagamento essa plataforma suporta?
  • Ela é segura?
  • Quem pode ajudar em caso de falhas ou havendo necessidade de suporte?
  • É possível alterá-la, expandi-la ou melhorá-la? É caro fazer isso? E quem realizará essas alterações?

Tendo essas informações, é possível planejar as necessidades, e de forma realista, tomar decisões. Não é adequado pensar apenas nas necessidades imediatas. É fundamental também planejar para o futuro, como alguns anos à frente.

Alguns lembretes importantes a respeito dessa decisão tão importante:

  • A escolha da plataforma deve ser feita no início do processo.
  • Não é porque todo mundo usa que necessariamente essa solução é a melhor. Recomenda-se que seja escolhida uma plataforma que seja boa.
  • A opinião de profissionais que tenham experiência na área é importante: designers gráficos, web designers, profissionais de marketing e publicidade, e profissionais de comércio eletrônico também. Um pouco de pesquisa na Internet ajuda muito.
  • Não basta um belo front-end se o back-end é problemático. Plataforma de e-commerce não é só o lado estético da loja virtual, mas também o lado operacional de seu negócio. Isto deve ser levado em consideração.

Questões como o tamanho da loja, o grau de complexidade exigido e o conhecimento necessário para administrar essa solução são fatores que deverão ser levados em conta nessa decisão.

Algumas soluções

Permita-nos então apresentar algumas soluções.

  • Uma solução que tem crescido muito ultimamente é a dupla WordPress + Woocommerce. O WordPress é o Sistema de Gerenciamento de Conteúdo mais usado do mundo. Já o Woocommerce é um plug-in para este CMS que o transforma em uma plataforma de comércio eletrônico muito completa e repleta de recursos. Em uma loja gerenciada por esta dupla, é possível cadastrar ilimitados produtos, usar mais de 400 extensões, além de toda a infraestrutura já fornecida por soluções baseadas em WordPress. Logo, ele acaba tornando-se a principal opção para o estabelecimento de lojas virtuais de tamanho pequeno e médio – o que é a esmagadora maioria do e-commerce estabelecido. Esta a solução preferida da Hostnet e recomendada aos clientes. O serviço Loja Pronta é baseado na dobradinha no WordPress + Woocommerce. 
  • O Prestashop é um software apropriado para gerenciar uma loja de pequeno ou médio porte. Sua interface é amigável e intuitiva, o que a torna mais fácil para pessoas com pouco conhecimento técnico. A Hostnet fornece, no Instalador de Aplicativos para instalação expressa do Prestashop no servidor. 
  • O Magento é um software mais usado em lojas de grande porte, com muitos recursos. Sua interface é complexa e a quantidade de recursos, bem ampla. Recomenda-se ele para lojas maiores. Para usar essa aplicação na Hostnet, o profissional vai precisar de conhecimento técnico avançado para fazer a instalação dela manualmente no servidor.

O Prestashop é uma solução intermediária, alternativa para lojas de porte médio, sendo mais intuitivo e menos complicado de ser administrado. O Magento é uma solução completa e bem estruturada para sites maiores. Mas sem sombra de dúvida, hoje em dia a melhor solução para a maioria dos casos é a dupla WordPress e Woocommerce. Esta solução traz a infraestrutura campeã do WordPress junto a uma ferramenta sólida e facilmente configurável como o Woocommerce, para juntos obterem um dos melhores resultados entre as soluções para comércio eletrônico. Não por acaso, a Hostnet implementa essa solução na sua oferta de Loja Pronta, feita para os nossos clientes.

Links Relacionados: 

https://www.hostnet.com.br/criar-loja-virtual/ 

https://www.hostnet.com.br/ebook/

Este é o 2º artigo de uma série sobre comércio eletrônico, que dará vida a um e-book sobre o tema. Acompanhe o nosso blog!

Write a Reply or Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *