Empresário abre unidade da Hostnet em Guarapari, Espírito Santo

Assim como uma empresa ou profissional liberal têm a necessidade inevitável de possuir um site para um negócio funcionar bem, surgem outras demandas como: registro do domínio, hospedagem, e-mail personalizado, ferramentas para marketing digital, além de outras soluções online. De olho nesse mercado, o administrador de empresas, Hamilton Garcia Ribeiro resolveu investir em uma franquia de Internet e tornou-se em 2017 dono da primeira unidade Hostnet do estado do Espírito Santo, em Guarapari.

A cidade

Guarapari é o sexto município do Espírito Santo em números de empresas ativas; reunindo hoje aproximadamente 16.543 estabelecimentos, de acordo com o site Empresômetro. Tem uma população estimada em 123.166 habitantes, segundo o IBGE e tem um bom potencial econômico.

História profissional do franqueado

Natural de São Paulo, mas vivendo em Guarapari há 33 anos, Hamilton se declara um vendedor por natureza. Seu primeiro emprego, aos 14 anos, foi ser ajudante do pai no negócio da família; um armazém de Secos & Molhados (como se dizia na época). Sabemos que trabalhar com pai nem sempre dá certo, e aos 16 anos, com “uma forcinha” da mãe, Hamilton conseguiu uma vaga na agência São Miguel do Bradesco-SP-Capital. Permanecendo por dois anos nessa organização, ele achou que era hora de sair e pediu demissão. Contudo, o seu superior não aceitou o pedido e ofereceu uma promoção para caixa.

Em 1982, o empreendedor mudou-se para Guarapari, e atuou como almoxarife em uma rotisseria, após um ano conquistou promoção para gerente e passou a comandar a equipe, que na alta temporada era formada por mais de 50 funcionários.

Comunicativo e fácil de se relacionar, surgiu, para Hamilton, o convite para trabalhar em vendas com jornal e posteriormente rádio, após dois anos ele já respondia pela gerência de vendas da Band FM-Guarapari e com mais um ano o grupo inaugurou uma emissora de TV. Em seguida, ele implantou o depto comercial e também gerenciou o departamento comercial da emissora.

Depois de atuar em diversos nichos, o empreendedor apaixonou-se pela Comunicação e abriu em 2001 uma agência na área. Um ano depois, fundou o Jornal Folha da Cidade, em seguida o site folhaonline.es e a Revista Sou, todos integrados.

Mas como ele chegou à nossa franquia?

Hamilton conta que foi procurado pela Hostnet (onde tem sites de clientes hospedados há um certo tempo) para conhecer a franquia. Logo, ficou surpreso e otimista ao ver o leque de serviços de Internet que ele poderia oferecer aos seus clientes e as possibilidades de ganhos. O valor reduzido do investimento inicial foi decisivo para assinar o contrato. Já fazia tempo que o empreendedor queria investir na área de Internet. “Na crise, somos obrigados a sair da zona de conforto e isso aumenta a capacidade de competir ao mesmo tempo que recicla os conceitos. Investir em tecnologia não é mais olhar para o futuro, é viver o futuro permanentemente, e em nosso ramo é fundamental para agilizar processos e oferecer melhores produtos ao cliente”, explica o empresário. 

Sobre o mercado online, o empresário analisa que o Brasil dispõe de muitas opções de hospedagem, porém limita-se muito quando a necessidade inclui recursos específicos para um projeto sob atenção especial, aí os problemas começam a aparecer – o suporte nem sempre está preparado para atender em tempo hábil e responder questões referentes a própria ferramenta que oferece. Quando as empresas de hospedagem atendem por chat, normalmente também não é diferente: pode se chegar a esperar até uma hora pelo atendimento. – Já há algum tempo, Hamilton vem indicando a Hostnet para seus clientes, isso acontece desde que percebeu o grau de excelência e comprometimento que identificou junto ao suporte da empresa. Agora, com a franquia, seus antigos clientes e futuros poderão usufruir diretamente dos serviços Hostnet.

As metas do administrador com a franquia Hostnet são ambiciosas. A ideia é que a empresa de serviços web, nos próximos meses, represente 15% do faturamento. Trabalhando com parcerias locais, a maior expectativa é para a construção de lojas online – atendendo a uma demanda real da região.

O Mercado

Segundo a ABF, no 1º semestre de 2017, o setor de franquias registrou expansão de 8% no faturamento nacional, passando de R$ 68,8 para R$ 74,4 bilhões. Ainda nesse período, houve um saldo positivo de 3,1% entre unidades abertas e fechadas, na comparação com o mesmo período do ano passado, totalizando 144.074 franquias em operação no País.

Dados de Associação Brasileira de Internet apontam que, em 2016, o faturamento conjunto de todas as empresas que atuam no segmento no Brasil foi de R$ 139,61 bilhões. Além disso, pesquisa realizada pelo Google prevê um crescimento de 12% ao ano para o comércio eletrônico e uma movimentação de R$ 85 bilhões em vendas através da Internet.

Segundo o site Empresômetro há mais do que 20 milhões de empresas no Brasil (a maior parte delas são micro ou pequenas), por outro lado, há cerca de apenas 4 milhões de domínios registrados, de acordo com o site registro.br. Isso quer dizer que mesmo num cenário onde cada domínio representasse uma empresa com site, ainda existem aproximadamente 16 milhões de empresas sem uma página virtual. Ou seja, pelo menos, 8 em cada 10 empresas não têm site.

Links Relacionados:

https://www.hostnet.com.br/seja-uma-franquia-hostnet/

https://www.hostnet.com.br/marketing-digital/guarapari-es/

https://www.hostnet.com.br/unidades-regionais/

https://www.hostnet.com.br/blog/category/franquia-ti/

Deixe um Comentário





Mais Notícias

criar-site

Sites desenvolvidos e hospedados pela Hostnet

tipos-hospedagem-de-site

Dicas para ter um site bem otimizado e reduzir excesso de tráfego

planejamento-loja-virtual

Como criar uma loja online e empreender na Internet?

Mautic-Automacao-Marketing-Hostnet-03

Webinar sobre o futuro do Mautic e da Automação de Marketing. Inscreva-se gratuitamente!

hostcast-2

Assine nossos FEEDS