Como escolher um novo tema para seu WordPress

De Wiki Hostnet
Ir para: navegação, pesquisa

Escolher um tema para um site WordPress não é uma tarefa fácil. Há tantos temas bonitos, com descrições interessantes e características surpreendentes que escolher um pode ser uma tarefa complicada, mas é justamente esta liberdade e grande quantidade de opções de escolha que torna o WordPress uma opção das mais interessantes para os usuários.

No repositório oficial do WordPress é possível encontrar várias opções de temas WordPress gratuitos, que você pode usar e modificar para atender as suas necessidades, além de vários sites de Temas Premium, vendendo temas com opções extras e suporte total.


Escolhendo um tema gratuito

Um mito comum entre usuários novos do WordPress, particularmente aqueles que conheceram o WordPress após o estouro dos temas premium, é que os temas livres são potencialmente de baixa qualidade. Muitos acreditam que, devido à crescente indústria de soluções baseadas em WordPress, os desenvolvedores de temas não estão mais desenvolvendo temas gratuitos de boa qualidade. Isso não é verdade, já que os temas gratuitos listados no diretório oficial do WordPress passam por um rigoroso processo de revisão, assim como os temas traduzidos e muitas vezes corrigidos para otimizar a experiência dos visitantes.

Muitos dos desenvolvedores de temas premium continuam a produzir muitos temas gratuitos com o intuito de conseguir links para seus sites de forma gratuita, criar reputação, um bom portfólio e com isso atrair mais projetos pagos, se dedicando de forma profissional no desenvolvimento de tais temas.


Escolhendo um tema premium

Muitas pessoas na comunidade opensoruce acreditam que temas premium tem preços desleais e que são uma tentativa de pessoas gananciosas de criar impérios a partir de projetos de código aberto, o que não tem qualquer sentido.

Temas Premium são também contribuições para um projeto open source existente, já que estes temas fornecem soluções que a comunidade Open Source não fornece sem cobrar dinheiro. Além disso, muitos dos temas vendidos são verdadeiras obras de arte, com design e código de primeira qualidade, e se feitos para um cliente final teriam seus valores muito mais altos se considerarmos o esforço de seus desenvolvedores sobre tais trabalhos.

Vale lembrar que o famoso gerenciamento de menus implementado no WordPress 3.0 e adorado por todos foi criado pela WooThemes, que inspirou tal funcionalidade e foi incorporada ao WordPress após solicitação da equipe WordPress para tal, sendo veiculado tal fato no post oficial de lançamento de tal versão


Como escolher o tema perfeito?

Ao escolher um tema WordPress, você deve se concentrar mais nas necessidades do seu site, os objetivos que pretende alcançar, seu orçamento e sua própria capacidade no gerenciamento do todo. Considerando os prós e contras das duas opções, você acaba por descobrr qual é a melhor opção para você.

Ao procurar um tema pronto para utilizar, seja ele premium ou gratuito, você deve estar atento ao seguinte:

  • Recursos de layout e funcionalidades que você precisa
  • Recursos extras (funções e widgets prontos) para necessidades específicas
  • Facilidade de configuração e personalização
  • Se ele é atualizado regularmente e é mantido de forma adequada por seus desenvolvedores
  • Opções de suporte oferecidas pelo desenvolvedor

Se você achar que as duas opções não se encaixam nas suas necessidades, você pode procurar desenvolvedores que personalizem tais temas ou que desenvolvam um do zero para você, atendendo perfeitamente suas necessidades desde que você esteja disposto e tenha como fazer tal investimento, pois nem sempre um tema pronto lhe atenderá por completo.


Recomendações na hora de escolher um tema Pago:

  1. No menu do site https://themeforest.net, acesse a ferramenta que irá utilizar (WordPress por exemplo).
  2. Faça uma busca pelo tipo de negócio do seu cliente (Education no caso de uma escola).
  3. Peça para ordenar pelas mais vendidas (Sort by: Best sellers).
  4. Acesse cada uma das templates de interesse e leia sobre seus recursos e compatibilidades. Tenha certeza que ela é responsiva, compatível com a versão da ferramenta (WordPress por exemplo) que vai usar e com o plugin de edição de sua preferência (por exemplo: Visual Composer).
  5. Acesse a demonstração (Live Preview) de cada template escolhida para ver como o site se comporta. Visualize a demonstração no computador, smartphone e tablet.
  6. Acesse as abas de Reviews e Comments para ver as avaliações e comentários sobre a template. Caso a template tenha muitos comentários reportando problemas de funcionamento talvez ela não seja uma boa opção.
  7. Na página principal de venda da template procure por Update History para ver o histórico de atualizações. Templates com muito tempo sem atualizações não costumam ser boas opções.


Conteúdo importante para WordPress: