Logo PrestaShop

Aqui vamos ver um passo a passo, de como podemos iniciar nossa loja virtual no aplicativo PrestaShop. Vamos explicar as configurações básicas da loja a respeito do admin e funcionários, dos produtos, dos pedidos, verificar URL e SSL entre outras coisas.

E-mail do PrestaShop

Parâmetros Avançados >> E-mail

A primeira seção da página é apresentada com uma lista de todos os emails que foram enviados da PrestaShop, com o destinatário, o modelo usado idioma da mensagem assunto do e- mail status da ação.

A segunda sessão você decide como suas mensagens de e-mail são enviadas e recebidasO formulário as seguintes opções:

  • Enviar e-mail para . Este é um conjunto de front-end No final do processo de compra ,  um cliente pode deixar uma mensagem para sua equipe de trabalho Você pode escolher estabelecer quem receberá essas mensagens enviadas pelos seus clientes, selecionando uma das opções disponíveis na lista suspensa.
  • Parâmetros do email: Como os e-mails são enviados tecnicamente. Selecione uma das três opções disponíveis.
  • Formato de e-mail: Como os e-mails são enviados visualmente. Selecione uma das três opções disponíveis.
  • Logs de e-mails: Se esta opção estiver marcada, as os registros de envio serão listados acima.

A terceira sessão dependerá da marcação anterior. Se o Parâmetro de e-mail escolhido foi Definir meus próprios parâmetros de SMTP (Ex: smtp.seudominio.com)“, então você deverá configurar o envio por SMTP. Na Hostnet os dados são:

  • Nome do Domínio de E-mail: seu e-mail
  • Servidor SMTP: smtp.seudomínio
  • Usuário SMTP: e-mail=domínio.com (seu e-mail trocando o sinal de ‘@’ por ‘=’)
  • Senha SMTP: Deixe em branco
  • Encriptação: Nenhum
  • Porta: 587

A última sessão serve para enviar um teste para seu e-mail confirmando o funcionamento.

Admin e Funcionários

Administração >> Empregados

A página de administração “Empregados” lista todas as contas de usuários que têm acesso ao back office (Painel Administrativo) da sua loja. Por padrão, você encontrará a conta que você criou durante a instalação da loja, que é configurada automaticamente como um usuário do SuperAdmin. O usuário com o perfil SuperAdmin tem acesso a todos os recursos do PrestaShop sem qualquer restrição.

Você deve criar uma nova conta de usuário para cada funcionário que faz parte do seu grupo de trabalho. Isso significa que você nunca deve ter uma única conta de propósito geral que todos possam usar, uma vez que é necessário rastrear quem fez tal coisa em sua loja. Os funcionários podem modificar ordens e aceitar pagamentos e devoluções de clientes entre outras ações e, como dono da loja, você deve saber qual deles realizou uma determinada ação. Ter uma conta pessoal para cada funcionário é uma boa maneira de garantir que seu time gerencie sua loja com responsabilidade.

O botão “Adicionar novo funcionário” leva você ao formulário de criação. Este formulário tem uma dúzia de opções:

  • Nome e Sobrenome . O nome não é mostrado aos clientes, mas será muito útil quando você precisar saber qual funcionário realizou uma determinada ação em sua loja.
  • Senha . Certifique-se de que não use uma senha que seja muito simples ou óbvia. Isso impedirá em grande parte qualquer pessoa que esteja fora da equipe do seu trabalho de acessar a loja. 
  • Inscreva-se no boletim informativo da PrestaShop . Inscreva-se no boletim informativo da PrestaShop para receber dicas e truques da equipe da PrestaShop.
  • página padrão . Você pode decidir qual página o usuário verá depois de entrar em sua loja. Esta pode ser a página de estatísticas dos SuperAdmins e a página de pedidos para os comerciais.
  • Idioma . O idioma padrão para usar para este usuário, já que sua loja pode trabalhar em inglês, mas seus logistas são de outro país. Certifique-se de adicionar os idiomas necessários, usando a página “Idiomas” no menu “Localização”.
  • Tema . O back-office do PrestaShop pode usar um tema diferente do padrão. Você pode escolher qual deles usar desta opção.
  • Orientação do menu de administração . Cada funcionário pode configurar sua própria maneira de exibir o menu na parte superior da tela ou à esquerda.
  • Ativado . Você pode desativar temporariamente e permanentemente uma conta . Isso permite que você crie contas temporárias por exemplo, quando precisar de ajuda durante os feriados ou a temporada em que sua loja produz mais vendas .
  • Permissões do Perfil . É muito importante que você atribua um perfil adequado a cada conta de funcionário. Um perfil está vinculado a um conjunto de permissões e direitos de acesso, e você deve conhecer todos os existentes. Estes estão listados na página “Perfis” no menu “Administração” (mais informações serão encontradas na próxima seção deste capítulo). O perfil determina a qual parte do back-office que um funcionário tem acesso; Por exemplo, quando um funcionário assina, apenas as páginas / menus que foram configurados como acessíveis ao seu perfil serão exibidos. Este é um ajuste muito importante.

Tendo concluído, clique em “Salvar“.

URL da Loja

Preferência >> SEO e URLs

No meio dessa página, você terá a sessão “Instalação URLs“, onde você pode informar marcar para apresentar URL amigável. Na Hostnet essa opção já vem ativa.

Além disso, na sessão logo abaixo “Definir URL Loja“, você pode verificar os seguintes campos padrões do servidor:

  • Domínio da loja . Nome do domínio principal da sua loja, ou o endereço IP dele.
  • Domínio SSL . Nome do domínio de segurança da sua loja (https: //), ou o endereço IP dele.
  • Diretório raiz (URI básico) . A pasta na qual você instalou o PrestaShop. Se você estiver na raiz do domínio, use “/”.

Por padrão essas opções já estão configuradas corretamente.

Contatos da Loja

Preferências >> Contatos da Loja

O PrestaShop oferece aos seus clientes uma ferramenta completa para localizar sua loja física, mostrando também todas as informações relacionadas aos formulários de contato que você deseja especificar.

Os clientes podem encontrar a localização da sua loja física, no rodapé da página, no link “Nossas lojas”. Obviamente, esse recurso só será útil se você tiver lojas físicas, onde os clientes podem comprar seus produtos.

OBS: Você não pode desativar esse recurso, mas pode torná-lo indisponível para seus clientes Desativando o link localizado no rodapé na opção “Mostrar localizador no rodapé” presente nessa página.

Todas as suas lojas estão em uma lista, que lhe dá as principais informações do mesmo e um indicador de se a loja está ativa. Você pode, por exemplo, querer adicionar as informações da sua própria loja física, para seus clientes locais. Você pode comprar seus produtos sem ter que encomendá-los através de sua loja online.

Você pode adicionar na lista o endereço e a localização das suas lojas físicas, com o requinte da integração com o Google Maps, mostrando no mapa onde suas lojas estão fisicamente localizadas.

Na seção Parâmetros, você terá as seguintes opções:

  • Mostrar localizador no rodapé . Por padrão, o PrestaShop exibe um link para o localizador da loja, intitulado “Nossas lojas”, no rodapé da sua loja. No tema padrão, isso aparece no bloco “Informações”, na lista de produtos (best sellers, notícias, ofertas, destaques, etc.). Você pode escolher mostrar ou não o link neste bloco.
  • Mostre o localizador no mapa do site . Você pode optar por adicionar o link “Nossas lojas” na página “Sitemap” da sua loja, que lista todas as páginas do seu site (você não deve confundir isso com o arquivo Google Sitemap, uma vez que o último é usado para fins SEO).
  • Mostrar localizador simplificado . O localizador da loja é apresentado como um mapa interativo com um campo de pesquisa. Com esta opção, você pode criar uma interface muito mais simplificada, mostrando apenas a lista de suas lojas.
  • Latitude padrão e comprimento padrão . A posição inicial do seu mapa. Muito útil se você tem várias lojas e deseja destacar uma delas para seus clientes.

Na seção Detalhes do contato, você deverá colocar as informações a respeito da loja, a saber: nome da loja, e-mail, cadastro da mesma (como CNPJ, por exemplo), endereço completo e telefone de contato. Você pode informar dados de registro que tornam a sua loja legalizada e se houver, um número de fax. Esses dados são importantes para caso seu cliente queira entrar em contato com a sua loja física.

Terminado esse processo clique em Salvar.

SSL

Preferências >> Geral

SSL significa “Secure Sockets Layer” (segurança da camada de transporte). É um protocolo criptográfico que fornece segurança para as comunicações da Web. Fornecer uma conexão SSL com a sua loja não é apenas essencial para realizar transações pela Internet, mas também para garantir aos seus clientes a segurança dos dados (autenticação, cartão de crédito, etc.) que a sua loja cobra. Os navegadores modernos indicam visualmente que a conexão é segura. Se seu provedor de hospedagem suportar SSL, certifique-se de ativar este protocolo.

Na primeira opção desta página “Ativar SSL em todas as páginas” você deve escolher a opção “Sim” para que SSL seja incluído em todo o site.

Manutenção

Preferências >> Manutenção

Você não pode colocar a loja em funcionamento enquanto configura-a. Logo, desative-a para que todas as alterações e modificações possam ser feitas, e quando ela for colocada no ar, esteja funcionando corretamente.

Se você quiser, ainda podes limitar o acesso a um ou mais endereços IP, de forma que somente máquinas com esses endereços terão acesso à sua loja desativada do PrestaShop.

OBS: Um detalhe importante é que você pode por a loja em modo catálogo. Nesse caso, se você já colocou todos os itens na loja e fez todos os acertos no visual (imagens, tema, etc), todos os itens estão disponíveis para visualização, mas os preços e opções de compra estão desabilitados. Isto pode ser útil caso você já queira disponibilizar os itens para serem vistos, mas ainda acertos quanto à venda precisam ser feitos. O acesso a esta opção pode ser feito a partir da opção Preferências, e depois o item Produtos.

Localização

Localização

Localização >> Localização

Agora alteraremos a localização da nossa loja. Clique em Localização, e depois em Localização. Conforme já falamos anteriormente, se você quiser mudar o fuso horário (importante para efetuar cálculos de prazos de entrega, horário de compra, etc), altere na opção Configuração. Se você quer vender para outros países, selecione o país desejado em Importar Pacote de Localização, marque os campos desejados (taxas, moedas, etc) e clique em Importar. Outras definições, como o idioma padrão, país principal (ou país de origem da loja), moeda principal, unidades de peso, volume, medida e distância podem ser ajustadas nessa página.

Importar um pacote de localização

Esta seção fornece uma extensa lista de pacotes de localização existentes que você pode importar. Não só permite que você configure o PrestaShop com suas próprias unidades locais, mas inclui também em sua base de Dados como EstadosImpostosMoedasLínguas Unidades. Uma vez importados, todos esses dados são adicionados ao PrestaShop e podem ser visualizados nas páginas do menu “Localização“.

A opção “Altere o comportamento dos impostos apresentados para os grupos” não é de dados que pode ser importado , mas é uma configuração que pode alterar as marcas de uma importação

Configuração

Esta seção agrupa configurações locais predeterminadas, de extrema importância:

  • idioma padrão . Este é o idioma principal da sua loja. Esta configuração influencia o idioma do back-office da sua loja (incluindo o idioma principal para seus produtos), bem como o front-office. Tenha em mente que o idioma do front-office pode ser adaptado à configuração do navegador do cliente.
  • Defina o idioma a partir do navegador . O PrestaShop estabelecerá o idioma padrão da loja com base na  configuração regional do idioma definido no navegador do visitante (por exemplo: fr_CA estabeleceria a língua francesa)
  • País padrão . A localização do seu negócio Se você tem sede em muitos países, use seu país principal.
  • Defina o país padrão a partir do idioma do navegador . PrestaShop vai definir o país armazenamento padrão dependendo da  localidade do território estabelecido no visitante do navegador  (por exemplo fr_CA iria definir o padrão de país no Canadá).
  • moeda padrão . A moeda em que os preços de seus produtos foram estabelecidos pela primeira vez. As moedas são adicionadas importando e ativando a moeda de um país. Tenha em mente que se você mudar a moeda depois de já ter estabelecido alguns preços de produtos, você terá que atualizar manualmente todos os preços existentes. Certifique-se de fazer este ajuste desde o início e apenas uma vez.
  • Fuso horário . Seu próprio fuso horário Especialmente útil para promoções diárias: você deve saber exatamente quando eles começam e terminam.

Unidades locais

As unidades físicas apresentadas nesta seção (peso, distância, volume, dimensão), são usadas nas páginas de seus produtos e para a própria embalagem – e, em última instância, são uma parte essencial do seu relacionamento com sua operadora.

Esses valores podem ser estabelecidos ao importar o pacote de localização para um país, mas você pode editá-los manualmente após a importação. Por exemplo, se você quiser usar centilitros em vez de litros para a unidade de volume, altere o valor padrão “L” para “cL”.

Avançado

Esta última seção solicitará que você configure o idioma e o país local do seu servidor, no formato de código ISO. Esses valores podem ser estabelecidos ao importar o pacote de localização para um país, mas você pode editá-los manualmente a qualquer momento

Idiomas

Localização >> Idiomas

A página “Idiomas” gerencia os idiomas que podem ser vistos no back office e no front-office da sua loja. O PrestaShop foi projetado para ser multilíngue: na instalação em português, existem dois idiomas instalados por padrão: Português (Portuguese) e Português (Brasil). Mas muitos outros idiomas estão disponíveis para download e uso. Você pode ativar ou desativar um idioma clicando no ícone na coluna “Ativado”.

Além dos idiomas já instalados em sua loja, existem outras informações de interesse: código ISO, código de idioma, formato de data (curto e completo).

Para adicionar um idioma, você pode importar o local do pacote de um país que usa esse idioma (na sessão “Localização”). Se isso não funcionar, ou se você precisar de algo que melhor se adapte às suas necessidades, você pode adicionar um novo idioma manualmente, usando o formulário encontrado após o botão “Adicionar novo Idioma”.

Regiões

Localização >> Regiões

As zonas do PrestaShop são uma lista das sub-regiões do mundo. Isso ajuda a categorizar os países.

Se você precisar, você pode criar mais zonas: clique no botão “Adicionar nova Zona” para mostrar o formulário de criação na tela.

Países

Localização >> Países

O PrestaShop deve conhecer todos os países existentes para que seus clientes possam indicar claramente onde eles vivem.

Existem cerca de 200 países no mundo, embora a PrestaShop tenha registrado 244. Isso ocorre porque alguns países já incluem as regiões ultramarinas que fazem parte do próprio país.

Por exemplo, os departamentos franceses ultramarinos anteriormente conhecidos como DOM (Guadalupe, Martinica, Mayotte, Reunião e Guiana Francesa) têm hoje o mesmo nível de importância que uma região metropolitana da França. Da mesma forma, o Alasca e o Havaí são estados dos EUA.  No entanto, enviar um pacote para Guadalupe não significa enviá-lo para a França, especialmente para os custos de envio. Na verdade, para calcular os preços das remessas, a PrestaShop distingue países de estados e regiões.

Por padrão, apenas seu próprio país está ativado. Você deve ativar os países necessários para seus clientes, um por um. Se você não tem certeza de quais ativar, verifique suas estatísticas para ver os países de onde a maioria de seus visitantes vem. Na parte inferior da lista, a seção “Opções de país” só mostra na frente da sua loja, os países que cobrem as operadoras autorizadas. Recomendamos que você ative esta opção, pois impede que os clientes tenham que percorrer os nomes de todos os países para encontrar a sua.

Normalmente, PrestaShop já inclui todos os países existentes em seu banco de dados. Mas no caso de criar um novo, você teria que adicioná-lo no botão “Adicionar novo País”. Alguns dados a respeito de sua localidade serão pedidos.

Geolocalização

Preferências >> Geolocalização

Hoje em dia, geolocalização está muito difundido. Com o uso de celulares com GPS e serviços como o Foursquare, o Google Latitude e o Facebook Places, as pessoas sinalizam onde estão, fisicamente falando, sobre a superfície da Terra. Isto tem imenso potencial, e o Prestashop pode fazer uso desse recurso.

Nesse caso em específico, você pode usar o recurso de geolocalização no Prestashop para restringir a área de atuação da sua loja. Exemplificando: Sua loja é voltada para o mercado brasileiro, logo a sua área de atuação é o Brasil. Porém, pessoas que estão em outros países podem ver normalmente seu site e isso pode gerar um problema. Digamos que um usuário do Japão faça uma compra do seu produto. Isto irá dificultar a sua infraestrutura de entrega. Logo, você pode restringir a quais países o seu site não será visualizado, com base no recurso de geolocalização.

Só que antes de tudo, é necessário que você faça o download de um arquivo, o GeoLiteCity.dat. No alto da página há um link para que você clique e baixe esse arquivo. Ele tem pouco mais de 11MB, logo o download não deve demorar muito.

Ao descomprimir esse arquivo, você terá um arquivo que deverá ser enviado para a sua conta de hospedagem na Hostnet. Use um utilitário do tipo FTP (como o Filezilla, por exemplo), e envie-o para o diretório /tools/geoip/.

Feito o procedimento, você já pode selecionar os países que poderão acessar sua loja (por padrão, todos eles), e configurar o comportamento que o PRESTASHOP vai ter com países irrestritos e indefinidos. Você pode escolher entre essas três opções:

  • Os visitantes não podem ver seu catálogo.
  • Os visitantes podem ver seu catálogo, mas não podem fazer pedidos. Portanto, sua loja será para eles no “Modo Catálogo“.
  • Todos os recursos estão disponíveis (apenas para países sem restrições).

Além dos países, você também pode definir endereços IP que terão acesso irrestrito à sua loja. Como você verificará, a lista já adicionou IPs autorizados que são usados, por exemplo, pelos robôs do Google. Adicione tudo o que precisa, um para cada linha, e clique em “Salvar“.

Estado

Localização >> Estados

PrestaShop chama “Estado” o primeiro nível de divisão administrativa de um país. Por padrão, a PrestaShop fornece o seguinte conjunto de estados: os 54 estados e territórios dos EUA, os 27 estados brasileiros, os 31 estados do México, as 13 províncias e territórios canadenses, os 34 proventos da Indonésia, as 24 províncias da Argentina, as 47 todhofuken do Japão e da província de 110  de Itália (singular: província ).

Ter províncias ou estados bem definidos em seu banco de dados ajudam a melhorar de forma representativa as possibilidades de entrega oferecidas por suas operadoras. Esses estados também podem ser essenciais para o cálculo das taxas de imposto, dependendo do país. Portanto, é importante introduzir todas as divisões administrativas de um país se forem importantes para seus operadores.

Ao adicionar um país na sessão de Localização, seus estados serão inclusos automaticamente se a caixa de estados estiver marcada. Mas também é possível adicionar um estado manualmente no botão “Adicionar novo Estado”.

Moeda

Localização >> Moedas

Você pode ousar e desejar que sua loja virtual venda para outros países, com idiomas diferentes do nosso (o português). Logo, será necessário que sua loja esteja também traduzida para outros idiomas, como o inglês. Da mesma forma, você deverá ofertar seus produtos em outras moedas, como o dólar norte-americano e o euro. Então será preciso que sua loja virtual trabalhe com outros idiomas e moedas.

O PrestaShop pode aceitar um grande número de moedas. Por padrão, há apenas um conjunto de moeda: o Real. No entanto, você deve adicionar e configurar novas moedas de acordo com as necessidades de seus clientes. Na verdade, os clientes apreciarão a possibilidade de visualizar os preços da sua loja na moeda do seu país.

As duas seções que aparecem na parte inferior da página “Moedas” são muito simples, mas essenciais, uma vez que estão relacionadas a taxas de câmbio (ou “taxas de conversão”). A taxa ou taxa de câmbio entre duas moedas é a taxa ou proporção da relação entre o valor de um e outro, que é um indicador que expressa quantas unidades de uma moeda são necessárias para obter uma unidade do outro. As taxas mudam diariamente, às vezes drasticamente dependendo dos eventos atuais, e sua loja deve estar sempre atualizada com os valores mais recentes. No PrestaShop, existem duas maneiras de atualizar suas taxas de câmbio:

  • Manualmente . Na seção “Taxas de mudança”, clique no botão “Atualizar taxas de câmbio”. Isso irá baixar o arquivo de atualização dos servidores PrestaShop.com usando o serviço da Web PrestaShop .
  • Automaticamente . Esta é a maneira recomendada. Em vez de ter que clicar no botão “Atualizar taxas de câmbio” uma ou três vezes por dia, você pode criar uma tarefa cron que irá desencadear o download dos arquivos da taxa de câmbio com a frequência que você achar necessário. Adicione o URL esperado ao seu arquivo crontab para ativar a atualização automática. Se você não sabe o que é uma tarefa cron ou um arquivo crontab, clique aqui.

​A maneira mais fácil de adicionar a moeda de um país é importando seu pacote de localização. Uma vez importado, você deve ir para a página “Moedas” para ativá-la. Mas também é possível adicionar manualmente clicando no botão “Adicionar nova moeda”.

Taxas

Localização >> Taxas

Os impostos são uma questão que você deve entender bem, uma vez que eles têm um impacto significativo nos preços de seus produtos e / ou seus custos de envio.

Os impostos são uma “contribuição obrigatória para a renda do estado, imposta pelo governo sobre os trabalhadores, renda e lucros das empresas ou adicionada ao custo de alguns bens, serviços e transações”. Em resumo, cada produto que você vende está sujeito a impostos sobre vendas, que dependem das leis tributárias de seu país. Com efeito, você contribui para o funcionamento do Estado ou do Governo (bens e serviços públicos) com uma porcentagem do total de suas vendas, conforme definido nas taxas de imposto local.

Existem muitos tipos de impostos no mundo, e variam consideravelmente de um país para outro, e mesmo dentro do mesmo país, se tem estados federais (EUA, Alemanha, Espanha, Rússia …). Portanto, você deve certificar-se de cumprir estritamente as leis tributárias do seu país, e mesmo as de seu estado ou localidade.

Por padrão, no PrestaShop, um imposto é aplicado a todos os países / estados. Para aplicar uma taxa de imposto específica para um país ou conjunto de países (e não para alguns outros), você deve criar uma regra de imposto. A regra fiscal é aplicada com base em cada produto, durante a criação do produto. Você não pode aplicar diretamente um imposto a um produto; você só pode aplicar as regras fiscais. Portanto, todos os impostos relevantes devem primeiro ser registrados, e então deve ser criada uma regra de imposto para esse imposto, a fim de especificar os países a que o imposto é aplicado e, finalmente, estabelecer o imposto sobre o produto.

Ao importar um pacote de um país (na sessão “Localização”), se ele tiver impostos pré definidos, eles serão adicionados.

Mas além disso, você pode criar seus próprios impostos. Adicionar um novo imposto é muito fácil, porque é a regra tributária que realiza todo o trabalho de especificar os países em que o imposto é aplicado.

Opções de Imposto

  • Ative impostos: Indica se os impostos devem ser incluídos em cada ordem ou não.
  • Mostre impostos no carrinho: Você pode preferir que o cliente não conheça os impostos que se aplicam ao pedido. Nesse caso, desative esta opção.
  • Baseado no: O cliente pode escolher não entregar seus produtos para o endereço de cobrança. Isso pode ter um grande impacto nos impostos. Por padrão, o PrestaShop baseia suas taxas de imposto no endereço de entrega, mas você pode escolher confiar no endereço de cobrança.
  • utilizar Eco-taxa: A eco-taxa refere-se a “impostos destinados a promover atividades ecologicamente sustentáveis ​​através de incentivos econômicos”. Este é um imposto que os donos das lojas pagam para “sentir o fardo social de suas ações”. Depois de ativar o uso da eco-taxa, todas as páginas de back-office dos seus produtos mostrarão o campo “Eco-taxa (já incluído no preço)” na guia “Preços”. Você deve preencher este campo com o valor exato dos impostos, que depende das leis tributárias de seu país (provavelmente com base no preço do produto). Se você decidir ativar a eco-taxa depois de ter adicionado os produtos, você terá que editar todos eles para estabelecer corretamente o imposto para cada produto. Tenha em mente que, se você já estabeleceu os eco-taxas para seus produtos, e depois você decide desativá-lo, todos os seus produtos perderão seus impostos ecológicos. A reativação da eco-taxa significará ter que estabelecer as eco-taxas de todos os seus produtos novamente.  A eco-taxa também será mostrada ao cliente, na página do produto.

Regras de Impostos

Localização >> Regras de Impostos

Por padrão, no PrestaShop, um imposto é aplicado a todos os países / estados. Para aplicar uma taxa de imposto específica para um país ou conjunto de países (e não para alguns outros), você deve criar uma regra de imposto. A regra fiscal é então aplicada com base em cada produto, durante a criação do produto.

Você não pode aplicar diretamente uma taxa de imposto a um produto; você só pode aplicar as regras fiscais. Portanto, todas as taxas de imposto relevantes devem primeiro ser registradas e, em seguida, uma regra de imposto criada para essa taxa de imposto, a fim de especificar os países aos quais o imposto é aplicado e, finalmente, estabelecer o imposto para o produto

Alguns exemplos de regras fiscais já estão registrados nesta página, dependendo do país selecionado durante a instalação do PrestaShop. As regras fiscais são estabelecidas para cada taxa: as regras realmente servem como um tipo de filtro de país, limitando o uso desses impostos a um conjunto específico de países.

Você pode criar novas regras, mas recomendamos que edite algumas das regras já existentes para entender melhor como as regras fiscais são criadas.

Traduções

Localização >> Traduções

O PrestaShop fornece uma ferramenta de tradução completa para sua loja. Isso permite que você adicione e edite as traduções de suas páginas. Desta forma, você é realmente o dono da sua loja, e você pode gerenciar as cadeias de tradução sem ter que esperar que os tradutores oficiais publiquem correções.

Mesmo que você não deseje corrigir o trabalho dos tradutores, mas quer mudar o estilo que eles usaram (menos formal, menos detalhado, etc.) e personalizar os diferentes textos disponíveis, adaptando seu site aos seus clientes; Por exemplo, uma loja de roupas hip-hop pode usar expressões diferentes das de uma loja de relógios de luxo.

Modificar uma tradução

Selecione a seção da tradução que deseja editar:

  • Traduções do Front Office . O texto visível pelos seus clientes quando navega na sua loja.
  • Traduções do Back Office . O texto que aparece nas páginas do painel de administração da sua loja.
  • Traduções de mensagens de erro . As mensagens de erro que podem aparecer no front-office da sua loja.
  • Traduções dos nomes dos campos . O nome dos campos, que aparecem tanto no front-office quanto no back-office da sua loja.
  • Traduções dos módulos instalados. Os termos utilizados pelos módulos instalados. Tenha em mente que os módulos disponíveis, mas não instalados, não aparecerão na ferramenta.
  • Traduções de arquivos PDF . Os termos usados ​​nos arquivos gerados em formato PDF: faturas, notas de entrega, etc.
  • Traduções dos modelos de e-mail . Os termos usados ​​nos modelos de e-mail padrão.

Depois de ter feito sua seleção, selecione o tema (se precisar) e o idioma deseja alterar a tradução.

A maioria das categorias traduzidas apresenta suas interfaces da mesma maneira: as sequências de caracteres são agrupadas de forma que você pode fechar ou expandir clicando em seu título.  O título indica o número de expressões que o grupo contém, e quando necessário, o número de expressões em falta, entre parênteses e em vermelho. Modificar uma tradução é muito fácil:

  • Clique no grupo de campos o que deseja modificar;
  • Edite seu conteúdo;
  • Clique no botão “Atualizar traduções e permanecer” se desejar salvar e continuar editando as traduções desse grupo de campos ou no botão “Atualizar traduções” para salvar e retornar à página principal “Traduções”.

OBS: Quando não houver tradução, o campo ficará com fundo em vermelho alertando. Nesse caso, a informação ficará com valor original (inglês).

O PrestaShop 1,5 introduziu uma nova sintaxe que as cadeias podem conter especificações de formatos, tais como %s, %d, %1$s, %2$d, etc. Quando você encontra uma string que contém esses especificadores de formato, isso significará que o PrestaShop irá substituí-lo por um valor dinâmico real antes de exibir a seqüência traduzida. Por exemplo, na string “Seu pedido em% s foi feito”, ele %s será substituído pelo nome da loja. Então, você deve manter esses especificadores de formato na sua tradução final.

A categoria de e-mail é diferente das demais. Isso porque as cadeias são divididas por grupos, mas não são mais apresentadas como campos de texto simples. Cada e-mail tem dois modelos: um em formato HTML, que apresenta estilos e cores e outro em formato de texto simples, apresentando uma mensagem em texto aproximado. Enquanto o texto simples pode ser editado diretamente do campo de texto, o modelo HTML só pode ser editado clicando no botão “Editar este modelo de e-mail” na parte inferior da visualização. Esse clique ativa a pré-visualização dentro de um campo de texto WYSIWYG (o que você vê é o que você obtém), com um editor completo na parte superior (com base em TinyMCE). Além de editar o texto, você pode alterar o design conforme entender, por exemplo, você pode alterar as cores para se adequar ao estilo da sua loja.  Tenha em mente que os modelos de e-mail possuem variáveis, como {lastname} ou {shop_name}, que o PrestaShop irá substituir com seus valores reais ao enviar o e-mail. Certifique-se de manter estas variáveis ​​na sua tradução.

Adicionar / Atualizar um Idioma

As traduções do PrestaShop estão disponíveis em pacotes, que combinam as traduções das diferentes categorias dentro de um arquivo zip. Muitos pacotes de idiomas estão disponíveis de forma gratuita para que você possa baixá-los e instalá-los diretamente dos servidores PrestaShop.com . O PrestaShop será responsável pelo download do pacote de idiomas, desempacotando-o e criando as subpastas necessárias na pasta /translation da sua instalação.

Importar um pacote de idiomas manualmente

No caso de você não querer usar um pacote de tradução oficial, mas um personalizado (fornecido por alguém que você conhece ou deseja exportá-lo de outra instalação do PrestaShop), essa ferramenta é adequada para você. Selecione o arquivo Zip, escolha o tema para o qual deseja aplicar esse pacote e clique no botão “Importar” e o pacote será instalado na pasta /translation.

Exportar um idioma

Você pode criar seu próprio pacote de idiomas usando esta ferramenta, seja para fazer uma cópia de backup de sua tradução personalizada, ou para importar essa tradução para outra instalação da PrestaShop, seja ela própria ou outra. Para fazer isso, basta selecionar o idioma e o assunto da tradução que deseja exportar e clicar no botão “Exportar”. Tenha em mente que o pacote conterá o assunto para o qual você fez a tradução.

Copiar

Você pode copiar o conteúdo de um idioma para outro. Isso é especialmente útil quando você deseja substituir os dados de um tópico com o de outro tópico.

Selecione o idioma de origem e o assunto, depois o idioma de destino e o assunto, depois de executar essas ações, clique no botão “Copiar”. Na maioria dos casos, o idioma deve ser o mesmo nas duas listas suspensas.

OBS: Se já existe uma pasta para o idioma no assunto do destino, será substituído pelos arquivos do idioma e do tema que você está copiando.

Páginas Relacionadas