Aprenda a Exportar a estrutura de uma pesquisa no LimeSurvey

Para exportar uma pesquisa, selecione-a e clique no ícone que você vê aí do lado. Você receberá duas opções, que são as que explicamos abaixo.

LimeSurvey XML survey file (*.lss)

Digamos que você montou aquela pesquisa de opinião, uma verdadeira obra de arte: Você dedicou todas as suas horas de trabalho (e algumas a mais) de uma longa semana de labuta. São centenas de questões, todas interligadas. É claro que você quer fazer um backup. Por mais que confiemos nos servidores da Hostnet e sabemos do ótimo trabalho feito por eles, aidna temos certos receios quanto aos nossos arquivos. É natural, e “seguro morreu de velho”.

Logo, como fazer backup? Melhor exportar a pesquisa para um arquivo no formato LSS. Assim, todos os grupos, questões, respostas e condições serão colocadas nesse arquivo, que é basicamente um arquivo XML. Esse arquivo pode ser usado na opção Import Survey, quando você está criando uma pesquisa nova.

Mas atenção:Este arquivo não contém nenhuma resposta coletada. As respostas só podem ser exportadas a partir de pesquisas ativadas, das formas que vimos anteriormente.

Se você montou algum modelo (template) específico para a sua pesquisa, você deve esportá-lo separadamente. Uma pesquisa com um modelo customizado não deve apresentar nenhum problema, mas o modelo ao qual ele faz referência não está no novo servidor. Então, você deve ir no servidor original, entrar no editor de modelos (cujo ícone é este ao lado) e exportar esse modelo, como um arquivo ZIP. Para importá-lo, basta entrar no editor de modelos do novo servidor e importar o arquivo. Tudo deverá ocorrer bem.

Formato queXML Survey XML (*.xml)

O formato queXML é um arquivo em formato XML que descreve um questionário. Ele não é apropriado para fazer backups de pesquisas do LimeSurvey, pois ele não consegue exportar as condições, ou mesmo todos os tipos de questões. Ao exportar uma pesquisa nesse formato, o LimeSurvey permite que você crie um PDF que pode ser impresso, respondido, digitalizado e depois tratado usando o software de cóidigo aberto queXF. Logo, este é um formato que é interessante numa situação específica: Você monta a pesquisa no LimeSurvey, imprime-a, distribui para ser respondida, e depois, com a devolução das folhas, digitaliza-as com o scanner e processa-as com o queXF. Dessa forma, você pode centralizar a informação em um lugar só, sendo a mesma pesquisa sendo feita online e em papel.

Páginas Relacionadas