O comércio eletrônico no Brasil tem muito potencial para crescimento: São mais de 100 milhões de brasileiros usando a Internet, e mais de 30 mil lojas virtuais. Pesquisas apontam que mais da metade desses usuários da Internet compraram algo de forma online. É um filão a ser explorado, e há espaço para todos. Então, você tem interesse em vender pela Internet, vejamos por onde começar.

  1. Planejamento: Decida o que você venderá, se é algo de fabricação própria, ou será uma revenda – e aí procure e liste possíveis fornecedores. Conhecer a sua concorrência ajuda nesse momento.
  2. Conhecimento: Avalie quem serão seus clientes e possíveis concorrentes. Decida qual será o seu mercado, se será local, regional, nacional ou internacional. Procure ver como atingir os seus possíveis clientes, seja por redes sociais, anúncios em sites ou outros meios.
  3. Levantamento de custos: Planeje quais serão seus gastos. O custo de manutenção do site deve estar orçado, assim como hospedagem, compra de matéria-prima ou de produtos para revender, o investimento em marketing, o frete, etc. Calcule uma margem de lucro aceitável.
  4. Estoque: É fundamental planejar como será o seu estoque, se a produção será sob demanda, ou você terá uma quantidade inicial de itens para venda.
  5. Entregas: É necessário pensar em como os produtos serão entregues aos seus compradores, se você usará os Correios ou transportadora, se vale a pena fazer um contrato com os Correios (há a necessidade de um volume médio de vendas).
  6. Sistema para venda: Onde a venda ocorrerá? Existem várias maneiras, desde anunciar nas redes sociais (e enviar solicitações de pagamento via e-mail) até ter uma loja virtual, gerenciada por um sistema de e-commerce, como o PrestaShop ou o Magento.
    Feito isto tudo, é começar a vender. Boas vendas!

Páginas Relacionadas