Por que atualizar?

O Drupal é um software de código-fonte aberto. Isto significa que o seu desenvolvimento é feito por pessoas voluntárias, ao redor do mundo, o que traz muitas vantagens.berto. Isto significa que o seu desenvolvimento é feito por pessoas voluntárias, ao redor do mundo, o que traz muitas vantagens. Se você tiver interesse em saber mais sobre esse modelo de desenvolvimento de código, recomendamos a leitura do texto “A Catedral e o Bazar”, de Eric S. Raymond, disponível no Portal do Domínio Público. Como o desenvolvimento é constante, várias versões são lançadas, com o objetivo de corrigir falhas de segurança, bugs ou adicionar novos recursos. O Drupal tem a facilidade de avisar o usuário de possíveis atualizações que estejam disponíveis.

Começando a atualização

É possível que você, ao entrar no menu administrativo do Drupal, encontrar uma mensagem como essa que estamos vendo abaixo:

Na primeira linha, vemos que o sistema nos informa de um possível problema na instalação. Pode ser devido à atualizações não realizadas, por exemplo. Na segunda linha, temos a informação de uma atualização de segurança disponível. Vamos ver agora como podemos proceder para realizar essas atualizações.

Ao você clicar o link escrito Atualizações Disponíveis, você será levado para a seção responsável pelas atualizações do Drupal, que fica em Administrar → Relatórios → Atualizações Disponíveis. Abaixo você tem uma visão das atualizações recomendadas e disponíveis:

Na nossa instalação, está disponível uma atualização para o Drupal em si, e duas atualizações para temas do Drupal, a saber, o Acquia Slate e o Zero Point. Note que a cor de fundo do quadro para o Zero Point é diferente da cor do Acquia Slate: Enquanto no primeiro temos um fundo avermelhado – justamente para sinalizar que essa versão é muito antiga – o segundo tem o fundo amarelo, o que indica que a versão está ultrapassada, mas ainda há atualizações.

Instalando e atualizando temas

Começaremos com a atualização do Zero Point. Ao você colocar a seta do mouse sobre o link Download, você terá o link no rodapé do seu navegador. Clique sobre ele com o botão direito, e selecione a opção Copiar link. No caso do nosso exemplo (o Zero Point), o link é https://ftp.drupal.org/files/projects/zeropoint-6.x-2.3.tar.gz

E o que fazer com esse link? Você vai acessar a sua área de hospedagem através do PuTTY, para baixar o arquivo do tema e colocá-lo em uso. Caso você não lembre como usar o PuTTY, a Hostnet tem um excelente tutorial ensinando como usá-lo, clique aqui para ler

Seguindo os tutoriais acima, você estará logado na sua conta, no seu domínio Linux, há um cursor piscando. O link que copiamos, do Zeropoint, deverá ser colado por você ao lado do segundo comando (wget -t9 -c) .Logo, você deverá executar em sequência os seguintes comandos:

  1. cd ~/www/drupal/sites/all/themes
  2. wget -t9 -c
  3. wget -t9 -c https://ftp.drupal.org/files/projects/zeropoint-6.x-2.3.tar.gz
  4. tar xfz zeropoint-6.x-2.3.tar.gz
  5. rm zeropoint-6.x-2.3.tar.gz

Mas, o que esses comandos executaram? Na ordem:

  1. Depois de logado na conta, entramos no diretório onde temos os temas.-
  2. Fizemos o download do tema que queremos atualizar.-
  3. Descompactamos o arquivo que foi baixado pelo item 2.
  4. Apagamos o arquivo do tema.

Note que o link que copiamos lá em cima, colamos ao lado do comando no. 2. Finalmente, você pode fechar o PuTTY, e com isso a atualização estará completa. O Drupal pode demorar um pouco para reconhecer que o tema foi trocado, mas ele o fará. Note que você pode instalar temas novos da mesma forma, atualizada por você. Afinal, na prática, você estará instalando o tema novamente, “por cima” do tema antigo.

Instalando e atualizando módulos

A atualização de módulos segue a mesma forma da atualização de temas do Drupal. Vamos ver, por exemplo, a instalação de um novo módulo, o Google Keyhaviour, que é relacionado ao Google Adwords e a SEO. Logo, você irá baixar e atualizar um módulo existente, ou ainda instalar um módulo novo. Após ter conectado via PuTTY na sua conta, siga os seguintes passos:

  1. wget -t9 -c https://ftp.drupal.org/files/projects/google_keyhaviour-6.x-1.0.tar.gz
  2. tar xfz google_keyhaviour-6.x-1.0.tar.gz
  3. rm google_keyhaviour-6.x-1.0.tar.gz

É preciso lembrar que o link que temos no comando 1 é o link para baixar o módulo Google Keyhaviour. Substitua-o pelo link do módulo desejado.

E se você não quiser nenhuma atualização

Você pode optar por não atualizar o Drupal, seus módulos ou temas. Não é uma opção recomendável, já que você não saberá quando houver correções de segurança ou novas versões para o Drupal. Mas realmente, aquele quadro em cor destacada, em tudo… Incomoda. Você então deverá proceder da seguinte forma:

  1. No menu administrativo, clique em Administrar
  2. Em Administrar, clique no subitem Construção do site
  3. Em Construção do site, clique em Módulos
  4. Você verá a página com os módulos selecionados, conforme temos abaixo (link para a imagem com a página do módulo).
  5. Na seção Núcleo – opcional,procure um dos últimos módulos,Update Status. Ele deverá estar marcado. Desmarque-o.
  6. Finalmente, clique em Salvar Configurações e pronto, nada de mais quadros falando que você precisa atualizar o seu Drupal.

E o Drupal?

Devido à Instalação Turbinada do Drupal, feita pela Hostnet, é altamente improvável que você precise instalar um tema novo ou um módulo para alguma funcionalidade específica. Afinal, todo o pacote está atualizado, traduzido para o português brasileiro e com uma respeitável coleção de módulos e temas. Mas, caso você realmente precise, faça segundo os roteiros listados aí em cima. Agora, quanto à atualização do Drupal, realmente desaconselhamos que você o faça. A Instalação Turbinada do Drupal feita pela Hostnet já é bem completa e segura. No momento em que você fizer a atualização manual, várias opções disponibilizadas pela Hostnet estarão indisponíveis, e será preciso mais do que 3 ou 4 comandos para colocar tudo em ordem. Aconselho então que, caso você queira muito que o seu Drupal seja atualizado para a versão mais recente (por ocasião da redação desse tutorial, é a 6.19), solicite-a ao helpdesk da Hostnet.

Páginas Relacionadas