SEO google curso gratis

Pontos que o Google considera negativos e prejudicam a indexação do seu site

CURSO DE SEO: FATORES DE RANQUEAMENTO PARA A CONSTRUÇÃO DAS PÁGINAS DE UM SITE – PARTE 3

Prosseguimos, neste artigo, com mais informações sobre os fatores de ranqueamento. Veja a parte 1 no artigo: Como criar páginas web bem otimizadas para o Google? e a parte 2 Pontos que o Google considera positivos e ajudam a melhorar a indexação do seu site.

O Google e os demais buscadores na Internet utilizam centenas de fatores de ranqueamento para classificar os sites na sua página de resultados. “Fator de ranqueamento” nada mais é do que um aspecto de um website que, quando analisado pelo algoritmo do motor de busca, mede a qualidade do site. Quando as diretrizes são seguidas e os fatores são bem trabalhados, existem mais chances do site ocupar as melhores posições na página de resultados proveniente de uma consulta.

O Google adota diversos fatores de ranqueamento. Continuamos abordando, aqui, as variáveis que influenciam diretamente no posicionamento das páginas nos motores de busca. Desta vez vamos abordar, exatamente, ações que você NÃO deve fazer para evitar punições e conquistar as melhores posições no ranqueamento.

Fatores de páginas penalizáveis:

  • Conteúdo duplicado – em casos de repetição de conteúdo, pode ser que o Google nem penalize o site, mas certamente será ignorado como fator de ranqueamento, gerando perda de tempo e energia. Quando falamos de conteúdo duplicado, não é exclusivamente sobre postar conteúdo repetido no mesmo website, o assunto inclui situações como achar um texto legal na Web, copiar e colar. Evite ser penalizado ou ignorado, produza textos inéditos, faça compilações criativas, reúna informações de diversas fontes, edite e construa artigos relevantes e originais.

Referências e inspirações são válidas. Uma ideia é pegar um artigo que já está no topo das indexações, reescrever, acrescentar mais informações, e postar algo novo, interessante. Faça sempre uma versão melhor e mais atualizada.

O mesmo vale para páginas “repetidas” no website. O Google penaliza quando há mais de uma página no site com o mesmo conteúdo. Conteúdo textual duplicado pode representar plágio ou uma tentativa de manipular o ranking do buscador. Por isso, o Google tende a rebaixar páginas com conteúdo reproduzido integralmente ou com variações mínimas.

Atenção! Caso você tenha um texto muito bom em uma página do seu site, autoral, mas que queira usar para outro produto ou assunto similar, modifique totalmente o conteúdo. Textos repetidos com pequenas edições, mesmo sendo de sua própria página, serão compreendidos como textos duplicados. Em casos de produtos muito similares, que tenham apenas configurações diferentes, uma sugestão é utilizar tabelas com texto descritivo de todas as opções em uma única página. Se forem produtos/serviços diferentes, melhor seria construir uma página para cada item.

Use a canonical tag (um elemento de HTML que ajuda a evitar problemas de conteúdo duplicado, ele especifica a versão “canônica” ou “preferida” de uma página da web) para informar ao buscador qual é o seu conteúdo original e funciona apenas para os motores de busca.

  • Links quebrados – são links que apontam para uma página que não existe mais ou que não pode ser encontrada. Além de levarem visitantes às páginas de erro 404, estes links também geram punição. No mercado, existem ferramentas que podem auxiliar em relação a links quebrados, avisando ao administrador do site, através de um relatório, toda vez que um usuário cair em um link desses e o redirecionando para um local certo.Se existirem muitos links quebrados no site, a experiência do usuário será prejudicada e, por isso, o Google pode penalizar as páginas.
  • Erros de HTML – falhas no código HTML, mesmo que você não receba mensagem de erro, podem gerar penalidades. Alguns erros podem ser corrigidos pelo navegador, mas o buscador os avalia negativamente mesmo assim e, dependendo do erro ou da quantidade de erros, vai penalizar a página.Os erros de HTML podem fazer com que o site não seja exibido corretamente, além de causar uma experiência ruim para o usuário, também podem prejudicar a rotinas de rastreamento do buscador. Logo, quando o site tem muitos erros de HTML, o Google pode rebaixá-lo no ranking.
  • Visibilidade do conteúdo – páginas com excesso de anúncios que atrapalham ou impedem a visibilidade do conteúdo principal frustram a experiência do usuário.

Um site elaborado com conteúdo oculto, cuja finalidade seja somente ser “lido” pelo motor de busca sem que a informação seja vista pelo usuário, caso seja notado, também será punido.

Mas para tudo há uma solução. No site do Curso em Vídeo temos propagandas veiculadas nas páginas e encontramos um bom caminho: com o auxílio de um plugin, assinantes do curso não recebem os anúncios usufruindo de uma experiência plena e livre de publicidade.

Você pode e deve monetizar o site, colocar Adsenses etc. Contudo, use o recurso com moderação. Escolha bem os lugares onde os anúncios serão veiculados. Assim, você garante uma experiência positiva ao usuário e não será punido pelos motores de busca.

Os fatores de ranqueamento citados nos artigos são fundamentais para um SEO de sucesso. A ideia é dar uma luz, abrir a mente de quem desenvolve e administra websites, a fim de proporcionar uma experiência de qualidade ao usuário, facilitar a indexação no Google e conquistar melhores posições no ranqueamento dos motores de busca.

Curso Gratuito de SEO com Ramiro Lobo e Gustavo Guanabara

E aí, esse conteúdo foi útil para você? Quer saber outros pontos sobre Otimização de Sites? Acesse o Curso Prático de SEO e aprenda mais sobre isso e outros aspectos essenciais para tornar um website e aprenda mais sobre isso e outros aspectos essenciais para tornar um website em sinônimo de sucesso!

Hostnet e o Curso em Vídeo lançaram em parceria um novo curso de SEO gratuito. As aulas apresentam conteúdo diversificado com foco na prática. Durante as aulas, são abordadas técnicas e estratégias de SEO para que as pessoas consigam, de fato, melhorar o posicionamento de um site, de uma loja ou de uma landing page nas buscas orgânicas do Google.

As aulas serão publicadas semanalmente no YouTube, no Canal do Curso em Vídeo. Alunos apoiadores do Curso em Vídeo, assinantes do Estudonauta e clientes da Hostnet (assinantes do Combo Cloud) terão aulas antecipadas. Além disso, os assinantes terão um módulo exclusivo, um bônus, com técnicas mais avançadas e utilização de ferramentas pagas.

Links Relacionados:

Playlist do Curso Grátis de SEO no Curso em Vídeo

Academia Hostnet

Curso em Vídeo

Estudonauta

Hospedagem de Sites WordPress

O que é domínio e como escolher um bom endereço para o seu site?

 

 

Deixe um Comentário





HOSPEDAGEM DE SITES

ESPECIALIZADA EM WORDPRESS

Mais Lidas

Hostnet Franquia

Franquia de TI: empreenda com o apoio da Hostnet e trabalhe com criação de sites e marketing digital

curso-seo-gratis-hostnet-cursoemvideo

Hostnet e Curso em Vídeo lançam curso gratuito de SEO

hospedagem wordpress

Combo Cloud: você paga pela hospedagem de site e recebe muito mais

WordPress

Os melhores plugins para WordPress em 2022

hospedagem-sites-barata

Hospedagem de sites barata. Hospedagem de site é tudo igual?

hostcast-2

Assine nossos FEEDS