Como encontrar o profissional certo para criar o seu site

Como encontrar o profissional certo para criar o seu site

Existem no mercado diversos profissionais que trabalham com Internet, desenvolvimento de sites e marketing digital. Assim como na medicina, existem diversas especialidades de profissionais e você deve buscar o especialista de acordo a necessidade que você tem. 

Digamos que você não tenha condições (seja tempo, seja conhecimento) para realizar todo esse processo de construção de um site sozinho. A ação e o talento de profissionais especializados certamente serão úteis para fazer com que seu site seja um sucesso. Agora, quais profissionais seriam os mais indicados? Primeiro será necessário saber quais são estes profissionais, e suas capacidades. Vamos a elas:

Webdesigner

O webdesigner trabalha todo o conteúdo de um site: imagens, banners, o visual do site em si. Ele trata imagens, confecciona banners, formata textos… Enfim, ele gerencia todo o visual do site, organizando os conteúdos de forma a desenvolver a navegação da página. Essa atuação também ocorre em iniciativas de marketing digital.

Webmaster

O webmaster garante que um site opere da melhor forma possível em nível técnico. Ele desenvolve e implanta sistemas, examinando os requisitos necessários, especificando sua arquitetura, escolhendo ferramentas para trabalho, realizando tarefas complexas, entre outras coisas. Logo, ele é um administrador, prestando suporte técnico e treinamento ao cliente, além de redigir documentação.

Desenvolvedor ou programador

O programador redige código-fonte. Ele desenvolve, adapta e corrige falhas em sistemas de gerenciamento de conteúdo, plugins e templates, de forma a resolver problemas e melhorar o funcionamento dos mesmos.

Analista da Web

O analista da Web faz a análise e desenvolve projetos de sistemas Web. Ele faz levantamento de requisitos, mapeia processos e faz modelagem de dados, com o objetivo de implementar sistemas de acordo com o objetivo da empresa. Ele também analisa o desempenho de sistemas já implantados, soluciona problemas técnicos e redige manuais.

Administrador de bancos de dados

Este profissional gerencia e mantém as bases de dados que compõem o site da empresa. Sua função é otimizar o funcionamento dos bancos de dados, de forma a minimizar problemas, como falhas de segurança, gargalos e outros.

Arquiteto de informação

Os arquitetos de informação são os responsáveis pela estrutura e organização de um portal ou site. Seu objetivo é melhorar a sua navegabilidade. Eles organizam os elementos para tornar o site mais acessível e trabalham diretamente com programadores, designers, especialistas em usabilidade e outros profissionais.

Especialista em usabilidade

Este profissional tem por missão conhecer o que os usuários buscam e querem encontrar em um site. Logo, ele é um analista, um pesquisador de mercado e realiza estudos frequentes para saber o que os clientes gostariam que melhorasse no site.

Editor de conteúdo

O editor de conteúdo é, na prática, um jornalista para a era digital. Este profissional se encarrega de levantar informações, e a partir daí cria e prepara conteúdo para um site, seja qual for o propósito desse site, de um site corporativo a um jornal digital.

Profissional de marketing digital

O profissional de marketing digital é o especialista em publicidade para a web. Este é um profissional que recomenda-se ter formação em Comunicação e Marketing, Pesquisa de Mercado, Estatística ou Sociologia. Sua função está centrada em identificar novas oportunidades, tendências e problemas para o desenvolvimento de produtos com êxito. Ele se encarrega de realizar projeções de vendas e trabalhar de forma conjunta com o comércio. Além disso, é sua função analisar os resultados obtidos com os produtos já lançados no mercado.

Especialista em SEM

Aqui temos o especialista em marketing para os sites de busca. SEM quer dizer Search Engine Marketing. Ele decidirá a audiência para qual será dirigida uma ação publicitária, quais palavras chaves que serão patrocinadas e como fazê-lo. Esse profissional também estabelece o orçamento necessário para essa e outras iniciativas.

Especialista em SEO

O site tem que se provar relevante para os sites de busca, então é necessário otimizar seus conteúdos para que ele apareça melhor posicionado nos resultados das buscas. Este é o trabalho do especialista em SEO (Search Engine Optimization). Identificar palavras chave, analisar competidores e conseguir que o site em questão encabece e se manteha na lista dos sites de busca é a meta a ser alcançada.

Estrategista de redes sociais

O especialista em redes sociais estabelece a comunicação entre a empresa e o público através de redes sociais, como Facebook, Twitter e Linkedin. Uma das suas tarefas é fomentar conversas e debates na rede e interagir com os comentários dos visitantes do site.

Como encontrar o profissional certo?

Como você pode ver, existem diversas profissões que trabalham com a Web. Também vemos que várias delas tem, em suas atribuições, uma certa sobreposição: especialistas em SEO e SEM trabalham em áreas afins; alguns webmasters podem acabar substituindo os programadores; a linha que separa as áreas de analista da Web e especialista em usabilidade são muito tênues… E por aí vai.

Logo, é fácil acontecer uma certa confusão. Vamos então pensar um pouco e identificar profissionais que poderão prestar corretamente este serviço.

Identifique suas necessidades

Primeiro, é fundamental esclarecer o que é necessário. Conforme falamos anteriormente, sobre como fazer um site, identificar as suas necessidades é o primeiro passo, inicial e fundamental. Feito isto, você terá que ver qual profissional se adequa mais às suas necessidades.

O site pode ser para divulgar a sua empresa, vender um produto ou serviço, oferecer informações que você considera úteis ou, simplesmente, para apresentar a si mesmo e suas ideias. A finalidade do website determina a escolha dos profissionais que serão envolvidos.

O que observar em um profissional?

  • Analise o site da empresa ou do profissional que você pretende contratar para a confecção do seu site: design, conteúdo, velocidade, qualidade nas imagens, interface utilizada, entre outras coisas. Veja como esse profissional se apresenta na Internet.
  • Procure referências. Veja o portfólio do profissional, procure os sites nos quais ele participou da confecção.
  • Busque informações a respeito do profissional, como: qualidade no atendimento aos clientes; como foi o suporte prestado por esse profissional; se os prazos foram longos ou não, e se foram cumpridos; qual é o retorno que o site tem dado ao cliente; se os preços foram justos; entre outros.

Preço e valor

Muita gente pressupõe que o preço mais baixo seja o fator fundamental para a definição de quem fará o trabalho. Já diz o ditado: muitas vezes, o barato sai caro. Lembre-se que valor e preço são coisas distintas.

Sua empresa tem valor, e colocar a confecção de um site nas mãos de uma empresa que não está empenhada pode ser prejudicial. Um site é um poderoso cartão de visitas do seu empreendimento, logo a apresentação é fundamental.

Profissionais que prestam serviços oferecendo um preço muito baixo, podem não ser capazes de entregar o conteúdo desejado, da maneira imaginada.

Procure orçamentos detalhados e evite valores muito dissonantes, como por exemplo uma oferta de prestação de serviço muito menor do que a média oferecida no mercado. Priorize capacidade técnica e qualidade ao preço. Certamente isto minimizará suas dores de cabeça a médio e longo prazo.

Experiências

Uma das condições ideais é que o profissional esteja atualizado em relação às exigências e inovações do mercado. Existem dois extremos nessa situação que não são desejáveis:

  1. Profissionais muito conservadores podem não abarcar novas tecnologias, transformando o seu site em um museu de grandes novidades, usando tecnologias defasadas para a confecção do website, dando um aspecto de site “velho”.
  2. No outro extremo, existem profissionais que poderão transformar o seu site em um balão de ensaios. E aí, sua hospedagem se torna um laboratório, e será comum o site sair do ar devido a problema com a maturidade da tecnologia empregada ou pelas experiências feitas pelo profissional.

Equilíbrio é fundamental. Usar tecnologias mais novas é algo desejável, mas transformar o site em uma coleção de experimentos mal amarrados é um risco que não vale a pena correr.

Qual profissional?

Se você quer iniciar o processo, será necessário um profissional que construa esse site, baseado nos seus critérios. Inicialmente, a ação de um webmaster será necessária para fazer o projeto do site. Note que a função desse profissional se confunde muito com a função do analista de web, mas são situações específicas. O analista, muitas vezes, trabalha já com o site pronto com o objetivo de torná-lo melhor e mais eficiente.

Vez por outra, o webmaster pode também exercer a função de webdesigner, definindo o visual do site e a disposição dos elementos que o compõem. Mas não é obrigatório que o profissional cumpra ambos os papéis.

O desenvolvedor (ou programador) torna-se necessário em situações mais específicas, quando você precisa customizar um software de gerenciamento de conteúdo, corrigir erros ou desenvolver novos plugins. Em alguns casos, pode ser necessária a criação de um novo software para a gerência do site, mas são casos muito raros.

Os arquitetos de informação são necessários quando trabalhamos com sites muito grandes, com muitas páginas e um grande volume de acessos. Os administradores de bancos de dados são necessários em uma situação como a anterior, mas um bom suporte do provedor de hospedagem (como a Hostnet) pode resolver todos os problemas relacionados a bancos de dados.

Os webmasters acabam construindo a usabilidade inicial dos sites, mas caso seja preciso um projeto mais detalhado, é melhor contratar um profissional mais capacitado nesse campo, como um especialista em usabilidade.

Os editores de conteúdo são tão importantes quando webmasters e webdesigners. Eles fornecerão conteúdo para os sites, de forma a torná-los atrativos e interessantes para quem os acessa. Mas não são tão necessários na fase inicial da construção e preparação do site.

Profissionais de marketing digital e estrategistas de redes sociais são duas funções que podem ser combinadas no mesmo profissional, e que irão alavancar o seu site fazendo uso de marketing digital, enviando e-mails, mensagens de texto, landing pages e comunicação através de redes sociais.

Os especialistas em SEM e SEO podem ser unidos em um profissional apenas, já que são áreas afins. Sua ação será necessária posteriormente, com o objetivo de trazer visibilidade ao seu site, galgando melhores posições nos resultados dos sites de busca.

Conclusão

O webmaster e o webdesigner são, a princípio, os profissionais mais necessários no início do processo. É possível que a intervenção de um ou mais desenvolvedores seja necessária, visto o crescimento do projeto do site. Outros profissionais serão agregados ao projeto, conforme a sua necessidade. Alguns se justificam no caso de crescimento do site, de um conjunto de páginas para um portal. Assim, será necessário uma equipe para gerenciá-lo.

Se você está precisando de um profissional ou uma equipe deles, fale conosco e solicite um Site Pronto: https://www.hostnet.com.br/criar-site/

Este artigo faz parte do e-book "Como escolher um profissional para criar o seu site?". Baixe gratuitamente e tenha acesso ao material completo. 

Links Relacionados: 

https://www.hostnet.com.br/criar-site/

https://www.hostnet.com.br/ebook/como-escolher-um-profissional-para-criar-seu-site/

https://www.hostnet.com.br/ebook/

https://www.hostnet.com.br/blog/criar-um-site-o-que-e-preciso-saber-antes-de-comecar/

https://www.hostnet.com.br/blog/10-motivos-para-voce-ter-um-site/

https://www.hostnet.com.br/blog/por-que-nenhuma-rede-social-vai-te-dar-mais-resultados-que-um-site/

Write a Reply or Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *